Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,93
Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,93

Saúde e Bem Estar Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 09:42 - A | A

Quarta-feira, 10 de Julho de 2024, 09h:42 - A | A

FIQUE DE OLHO

É seguro crianças frequentar a academia? Especialistas orientam os pais

Assessoria de Imprensa

Uma menina de oito anos faz agachamentos com um peso leve nas mãos, enquanto um menino de dez anos corre na esteira ao lado. Mais adiante, um grupo de crianças ergue pesos pequenos sob a supervisão de um treinador. Essas cenas são cada vez mais comuns em vídeos nas redes sociais, como Stories, Reels, trends, levantando uma questão importante: as crianças podem frequentar academias?

Para responder a essa dúvida, consultamos especialistas da Bluefit, um das maiores redes de academias do país: Leandro Twin, professor de educação física e embaixador da Bluefit Academia, e Vinícius Ribeiro, professor de educação física e Diretor Nacional de Operações e Marketing da Bluefit Academia. Juntos, eles explicaram quais exercícios são indicados para os pequenos, destacaram os benefícios do treinamento e ofereceram dicas valiosas para os pais.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

TREINO ADAPTADO

As crianças estão em fase de crescimento e desenvolvimento, exigindo uma abordagem específica para evitar lesões e promover benefícios adequados no treinamento infantil

Nesse cenário, Leandro Twin, renomado instrutor fitness e criador de conteúdo, o treino infantil deve ser cuidadosamente adaptado. Ele explica que não se pode aplicar a mesma intensidade ou sobrecarga nos pequenos. " O treino normalmente prescrito é um treinamento com exercícios de mais simples execução e com repetições mais altas para que a carga usada seja menor. Algo próximo de 15 a 20 repetições para que a pessoa consiga coordenar aquele peso bem-feito," ressalta Twin, embaixador da Bluefit Academia.

Portanto, profissionais qualificados devem supervisionar o treino para garantir a segurança e eficácia no desenvolvimento físico das crianças.

OBJETIVO DO TREINO

Entender o objetivo do treino infantil é crucial para promover o desenvolvimento saudável das crianças e evitar lesões. Por isso, Vinicius Ribeiro afirma que crianças podem fazer musculação com cargas controladas e foco no movimento, explicando que "o foco principal é fortalecer os músculos para melhorar funções corporais e cognitivas durante o desenvolvimento." Ele destaca que "o objetivo não deve ser estético, mas funcional, voltado para o desenvolvimento de habilidades motoras e capacidades físicas." Leandro Twin complementa que "o treino infantil deve ser lúdico e focado em exercícios simples, com repetições mais altas para reduzir a carga utilizada."

Ribeiro e Twin alertam que não recomendariam musculação para crianças muito jovens, como as de 5 anos, enfatizando "a importância de orientação profissional adequada e o uso de técnicas como pesos livres, bola e elásticos."

TREINO SUPERVISIONADO

Especialistas afirmam que não há uma idade mínima universal para que crianças frequentem a academia, mas destacam que a supervisão adequada é fundamental para garantir a segurança e eficácia dos treinos. Ribeiro, professor de educação física e diretor de operação e marketing da Bluefit Academia, esclarece que, "para crianças recomenda-se focar em esportes recreativos e atividades físicas leves, ao invés de um treinamento físico rigoroso ou de força", pontua.

A Sociedade Brasileira de Pediatria apoia a prática de musculação para crianças, desde que seja orientada por profissionais qualificados e realizada corretamente, sem prejuízo ao desenvolvimento saudável da criança. Logo, Leandro Twin destaca a importância do acompanhamento profissional adequado: “O treinamento deve ser feito com supervisão de um educador físico e usando mais pesos livres do que máquinas de musculação. Isso é crucial para evitar lesões e promover benefícios como a melhoria da flexibilidade e o desenvolvimento muscular e ósseo.”

ALIMENTAÇÃO E SUPLEMENTAÇÃO

Considerar a alimentação adequada e evitar a suplementação para crianças e adolescentes é fundamental para proteger a saúde integral dos jovens e garantir que atividades físicas sejam benéficas e seguras desde a infância.

Para aprimorar essa parte, é importante destacar os riscos potenciais à saúde em desenvolvimento associados à suplementação em crianças e adolescentes. "Altas doses de proteína podem sobrecarregar os rins em crescimento, enquanto certos suplementos podem interferir no desenvolvimento hormonal natural da criança," explica Vinícius Ribeiro, professor de educação física e diretor de operações e marketing da Bluefit Academia.

"A alimentação da criança deve ser lúdica e focada em alimentos que ela goste. Não deve ser algo muito rígido, mas sim tranquilo, com bons hábitos alimentares, como saladas, frutas e vegetais. A ingestão de água também é essencial para manter o equilíbrio durante o treinamento," enfatiza Leandro Twin.

NA BLUEFIT
Na Bluefit, a idade mínima para matrícula foi estabelecida em 14 anos após avaliação criteriosa dos profissionais de educação física de uma faz maiores redes de academias do país, visando garantir a segurança e o bem-estar dos jovens praticantes.

Vinícius Ribeiro, Diretor Nacional de Operações e Marketing da Bluefit Academia, destaca a importância desse critério: "É fundamental que os menores de 18 anos estejam acompanhados de um responsável legal para a matrícula. A introdução às atividades de musculação deve ser gradual e responsável, com acompanhamento de um médico e um personal trainer capacitado", completa Ribeiro.

Cabe lembrar que academia também possui políticas internas relacionadas à idade, que determinam a partir de qual faixa etária os alunos podem ser aceitos, buscando assegurar práticas alinhadas com as diretrizes de segurança e desenvolvimento físico adequado.

Para os pais interessados em inscrever seus filhos na Bluefit, uma das maiores redes de academias do país, os especialistas oferecem as seguintes dicas:

1. Supervisão profissional: Sempre treine sob a supervisão de um educador físico.
2. Cargas controladas: Use pesos adequados e foque no movimento, não na carga.
3. Treinamento gradual: Introduza os exercícios de forma gradual e responsável.
4. Alimentação adequada: Garanta uma dieta equilibrada e evite suplementação.

RESUMO
Para facilitar a rotina de treinos infantis, Leandro Twin e Vinícius Ribeiro, especialistas da Bluefit Academia, compartilham orientações valiosas para um desenvolvimento físico seguro e eficaz:

1. Adaptação do treino infantil: É crucial ajustar o treino infantil com exercícios simples e repetições mais altas para reduzir a carga utilizada, promovendo o desenvolvimento sem sobrecarga.
2. Objetivo do treino: O foco principal é funcional, visando o fortalecimento muscular e o desenvolvimento de habilidades motoras e cognitivas, sem ênfase estética.
3. Supervisão e idade adequada: Recomenda-se que o treino seja supervisionado por profissionais e orientado para esportes recreativos e atividades físicas leves, não musculação rigorosa, especialmente para crianças muito jovens.
4. Alimentação e suplementação: É essencial uma alimentação lúdica e equilibrada, sem suplementação, para garantir o desenvolvimento saudável e evitar riscos associados à saúde em desenvolvimento.

Essas diretrizes visam proteger a saúde integral das crianças e adolescentes, promovendo benefícios físicos seguros desde a infância.

SOBRE A BLUEFIT

A Bluefit é uma das principais redes de academias do país, contando com aproximadamente 140 unidades distribuídas em 17 estados e 67 cidades brasileiras. Com quase uma década de atuação no mercado fitness, a Bluefit atende a uma comunidade de mais de 380 mil alunos, proporcionando unidades que se destacam pelo excepcional custo-benefício, infraestrutura moderna e um conceito premium. Além disso, oferece uma variedade de mais de 30 aulas coletivas, abrangendo disciplinas como lutas, ginástica, dança (incluindo Zumba e FitDance) e programas de treino coreografados pela LES MILLS, que abrangem força, cárdio, cycle, flexibilidade e core.

A Bluefit tem a missão de acabar com as desculpas para não treinar. Por isso, investe em inovação para estar sempre presente no cotidiano dos alunos. Para mais informações acesse: https://bluefit.com.br.

 

 

search