Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,93
Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,93

Polícia Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020, 08:23 - A | A

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020, 08h:23 - A | A

BRIGA FAMILIAR

Sargento da PM é assassinado pelo filho, de 17 anos, após discussão em casa

Jefferson Oliveira
Cáceres

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na noite de quarta-feira (25) após matar o próprio pai, um sargento aposentado da Polícia Militar, durante uma discussão na residência da família localizada na Rua 31 de Março, no bairro Jardim São Luis, em Cáceres (225 km de Cuiabá).

De acordo com o boletim de ocorrências, a PM foi acionada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e informada sobre o policial militar baleado. Chegando ao local, os policiais encontraram o sargento Ezio da Silva Leal, 51, caído no chão e perdendo muito sangue.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Testemunhas contaram aos policiais que pai e filho tiveram uma discussão e o adolescente pegou a pistola do pai e efetuou cinco tiros contra o seu genitor. Em posse das informações, viaturas saíram em buscas pelo adolescente na cidade.

Já outra equipe da PM encaminhou Ezio para o Hospital Regional de Cáceres em estado grave. A equipe da Força Tática conseguiu localizar o adolescente no bairro Jardim Paraíso. Durante as buscas, os militares não encontraram com o menor a arma do crime.

O adolescente informou que a pistola utilizada para matar o seu pai estaria na casa de um tio. Na delegacia, o adolescente acabou revelando que a arma estava no local do crime onde o seu pai foi alvejado.

Os policias foram até a residência e encontraram a pistola e apreenderam a arma do crime. Após algum tempo, a equipe médica informou que Ezio não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na unidade de saúde.

O adolescente ficará à disposição da justiça e o Conselho Tutelar foi informado sobre a situação, mas não compareceu na delegacia para acompanhar o caso.

search