Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,95
Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,95

Polícia Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2020, 17:09 - A | A

Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2020, 17h:09 - A | A

INVESTIGAÇÃO

Jovem acusado de estupro é reconhecido por vítima e ouvido na delegacia

Da Redação
Assessoria

Um crime de estupro foi esclarecido pela Polícia Civil, em investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande. O autor de 19 anos foi identificado e responderá pelo ato de violência sexual, furto e ameaça.

O fato ocorreu na madrugada de domingo (13), em um parque no bairro Jardim Paula I, em Várzea Grande. Conforme a vítima, uma mulher de 32 anos, ela estava em um bar com uma amiga e ao sair do local a pé foi abordada pelo condutor de uma caminhonete, que lhe ofereceu carona.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Durante o percurso, o suspeito levou a vítima até o parque, onde passou a ameaçar caso ela gritasse e cometeu o estupro. Em seguida, a mulher conseguiu escapar pela mata, porém, o homem correu atrás dela usando uma chave tipo inglesa. Ambos entraram em luta corporal e a vítima foi obrigada a entrar novamente no veículo. Ela conseguiu pular do veículo e gritou por socorro, quando foi avistada por uma equipe da Guarda Municipal de Várzea Grande. 

A bolsa da vítima foi localizada, entretanto, o aparelho celular dela foi levado pelo suspeito.

Logo que acionados, os policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher passaram a investigar os fatos. Durante diligências, a equipe conseguiu identificar o veículo, uma camionete modelo D20 azul e carroceria de madeira. O dono da caminhonete foi reconhecido pela vítima como sendo o autor do crime, bem como a chave tipo inglesa usada para ameaçá-la também foi apreendida pelos policiais civis.

Diante das evidências, o suspeito foi interrogado e no depoimento alegou que havia praticado sexo com o consentimento da vítima. Segundo apurado pelos “modus operandi” e características do veículo esse seria o segundo caso de estupro cometido pelo suspeito. As investigações continuam para conclusão dos inquéritos policiais instaurados pela Polícia Civil e para a responsabilização criminal do autor.

 

 

search