Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Boca Miúda Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 17:21 - A | A

Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 17h:21 - A | A

GUERRA DE CANDIDATOS

Bolsonarista "sai em defesa" de petista após briga com Botelho na AL

Da Redação

Redação | Estadão Mato Grosso

O deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá, Abílio Brunini (PL), fez uma defesa ‘velada’ de seu adversário, o deputado Lúdio Cabral (PT), que foi empurrado por Eduardo Botelho (União) durante sessão da Assembleia Legislativa (ALMT), nesta quarta-feira, 3 de julho.

Abílio postou um vídeo do desentendimento dos deputados no Instagram com a legenda “deputado Botelho parte agressão física contra o deputado Lúdio Cabral durante sessão da ALMT, presidida pelo Botelho”. Logo depois ele disse que não iria comentar nada que causa uma imagem negativa dos parlamentares.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O motivo de Botelho ter ficado irritado, segundo Lúdio Cabral, seria por causa de um projeto de Lúdio que exigia licitação de empresas para administrar o BRT (Ônibus de Rápido Transporte) e fixar a passagem a R$ 1,00 durante cinco anos, com dinheiro da venda dos vagões do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos).

Apesar de não querer comentar o episódio na AL, o projeto de Lúdio Cabral é ‘caro’ para Abílio, já que o bolsonarista vem atacando Botelho por sua família ser proprietária das empresas de ônibus da região metropolitana e que também assumiria o comando do BRT.

Lúdio acusou Botelho de ter ‘sumido’ com o requerimento que estava em pauta na sessão.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Abilio Brunini (@abiliobrunini)

search