Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,85
Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,85

Política Quinta-feira, 18 de Novembro de 2021, 14:41 - A | A

Quinta-feira, 18 de Novembro de 2021, 14h:41 - A | A

15 VOTOS A 8

Câmara arquiva mais um pedido de Comissão para processar Emanuel

Placar aponta que oposição conseguiu converter dois votos em comparação com as votações anteriores

Gabriel Soares

Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

Os vereadores de Cuiabá decidiram nesta quinta-feira, 18 de novembro, arquivar mais um pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito afastado Emanuel Pinheiro (MDB). A votação foi concluída com 15 votos contra 8. Ou seja, o grupo de oposição conseguiu converter dois votos em relação à votação do pedido anterior.

Este foi o terceiro requerimento de Comissão Processante protocolado contra Emanuel. Desta vez, o pedido partiu do presidente da Associação de Moradores do Bairro Renascer, José Carlos da Silva, que fez o protocolo na semana passada.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

O requerimento se baseou no pedido de medida cautelar feito pelo Ministério Público Estadual (MPMT), que aponta suspeita de irregularidades na contratação de servidores temporários para atuar na Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá e possíveis irregularidades no pagamento do prêmio saúde.

Ao analisar o novo requerimento, a vereadora Edna Sampaio (PT) mudou seu voto. Nas votações anteriores, ela tinha se posicionado contrária à Comissão Processante. Segundo ela, a mudança se deu porque o novo pedido estava “mais fundamentado” que os outros dois protocolados anteriormente. O segundo vereador a mudar de posição foi Eduardo Magalhães (Republicanos). Ele se absteve nas votações passadas, mas agora foi favorável.

“Anexaram os documentos e definiram com maior clareza os crimes pelos quais seria aberto a Comissão Processante. Ainda não acho que seja suficiente os elementos trazidos. Nós fizemos na Comissão Especial um estudo utilizando método e caracterização fundamentada em cada processo. Ainda não é o que faz esse instrumento, mas é possível de ser considerado, por isso votei a favor”, disse Edna.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

No dia 9 deste mês, a Câmara decidiu arquivar dois pedidos de abertura de Comissão Processante. As votações foram concluídas com 17 votos a 6. Na ocasião, a vereadora Edna Sampaio propôs a criação de uma comissão especial para acompanhamento dos processos contra Emanuel. Segundo ela, essa medida seria mais prudente.

Na sessão desta quinta, Edna afirmou que a comissão especial já deve apresentar seu relatório na próxima semana, apontando como a Câmara de Cuiabá deverá se posicionar em relação aos processos em andamento na Justiça.

 

VEJA COMO VOTARAM OS VEREADORES:

A FAVOR

Diego Guimarães (Cidadania)

Dilémario Alencar (Podemos)

Edna Sampaio (PT)

Eduardo Magalhães (Republicanos)

Michelly Alencar (DEM)

Pastor Jeferson (PSD)

Sargento Joelson (Solidariedade)

Marcos Paccola (Cidadania)

 

CONTRA

Paulo Henrique (PV)

Adevair Cabral (PTB)

Chico2000 (PL)

Didimo Vovô (PSB)

Lilo Pinheiro (PDT)

Kássio Coelho (Patriota)

Marcrean Santos (PP)

Marcos Brito Jr. (PV)

Maria Avallone (PSDB)

Mário Nadaf (PV)

Rodrigo de Arruda e Sá (Cidadania)

Sargento Vidal (PROS)

Wilson Kero Kero (Podemos)

Cezinha Nascimento (PSL)

Demilson Nogueira (PP)

 

AUSÊNCIA

Dr. Luiz Fernando (Republicanos)

search