Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,83
Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,83

Opinião Quinta-feira, 11 de Novembro de 2021, 06:15 - A | A

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2021, 06h:15 - A | A

YASKARA SEZIANE

O ensino remoto da EMEB Celina Fialho Bezerra

Yaskara Seziane*

Por conta da pandemia do novo corona vírus, a EMEB Celina Fialho Bezerra e todas as instituições educacionais precisaram se adaptar a uma realidade de isolamento social.

Os professores da Emeb Celina Fialho Bezerra tiveram como preocupação quais seriam os melhores meios para que o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes não fossem totalmente interrompidos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

Em meio às dúvidas sobre quando viria o novo normal, tivemos que ressignificar as estratégias de ensino para que as aulas não fossem totalmente interrompidas e que também pudesse aproximar o estudante e o professor mesmo que virtualmente.

Realizamos encontros formativos que aconteceram através de plataformas digitais. Consequentemente, após nossos encontros e bate-papos, surgiram perspectivas a nível da gestão pedagógica para buscar atender todos os alunos e com essa nova realidade veio o momento de articular direção escolar, coordenação pedagógica, professores e pais. Era preciso mais do que nunca integrar a comunidade escolar e engajá-la nas atividades remotas da escola.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso canal no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Diante das dificuldades apontadas pelos familiares desses estudantes que não estavam sendo atendidos pelos motivos elencados por eles, a equipe gestora tomou a iniciativa de chamar a atenção desses familiares. Começamos com postagens de conscientização através de vídeos, comunicados escritos e áudios sobre a importância da permanência do aluno nas aulas remotas e em um dado momento contamos com o auxilio do conselho tutelar da nossa região, onde pedimos que o conselheiro fizesse um vídeo alertando os pais sobre a obrigatoriedade e responsabilidade da família de manter os filhos estudando nos grupos de wattsap.

Fizemos também reuniões entre escola e família via meet e com todas as estratégias listadas conseguimos nos aproximar desses pais. Sem o apoio deles não conseguiríamos chegar à meta do atendimento para todos. Acreditamos que quando a comunidade escolar está integrada, a gestão escolar passa a ser participativa e cada um entende sua função no processo educacional.

A equipe de profissionais que compõem o Projeto Caracol também tem trabalhado na busca dos alunos que não estão dando as devolutivas das atividades realizadas e em grande parte estamos conseguindo sensibilizar as famílias a nos ajudar nesse momento, fazendo com que o estudante faça as atividades e encaminhe para o professor.

O uso das ferramentas digitais também possibilitou a democratização do acesso à educação e a inclusão de alunos com deficiência. As professoras da sala de recurso multifuncional utilizam diversos recursos que facilitam a aprendizagem e ajudam a superar limitações.

Alguns professores já familiarizados com as tecnologias e o uso de ferramentas digitais nos ajudaram através de formação on-line onde foi discutido o tema “metodologias ativas”. Após a formação percebemos de maneira positiva que muitos professores ampliaram os recursos didáticos usados em aulas remotas com o intuito de potencializar o trabalho.

Os professores passaram a trocar mais informações socializando descobertas de como criar conteúdos multimídia, estabelecer canais de comunicação com alunos e professores em tempo real ou simplesmente auxiliar na organização e no planejamento das aulas.

As professoras da sala de recurso multifuncional utilizam diversos recursos que facilitam a aprendizagem e ajudam a superar limitações. As estratégias utilizadas para a sensibilização dos pais em apoiar seus filhos a participarem das aulas remotas da sala de recurso multifuncional surtiram efeito e todos os estudantes com deficiência participam das aulas com atendimento individual de acordo com cada necessidade.

As ferramentas que estão facilitando a vida de discentes e docentes da Emeb Celina Fialho Bezerra e que estão facilitando a abordagem dos conteúdos, especialmente nesses tempos de isolamento social e suspensão das atividades presenciais são canva, Google classroom, Google meet, Google Play Games, Tiktok, entre outros.

Apesar do distanciamento social e de tantas incertezas, tivemos o privilegio de participar do Prêmio Gestão Escolar no ano de 2020 com o tema “Flexibilização do processo de ensino/aprendizagem e das ferramentas digitais em tempos de aulas remotas”. Nosso objetivo foi atender o máximo possível de estudantes nas aulas síncroras e assíncronas mediante utilização de ferramentas virtuais como Google Forms e Meet.

Vimos uma excelente oportunidade para a gestão escolar apresentar o novo cenário criado para dar continuidade ao processo de aprendizagem. Felizmente, nossa unidade escolar ficou em 1º lugar do estado de Mato Grosso ganhando o título de “Escola referência do estado”. Ganhamos também um prêmio em dinheiro no valor de R$ 5.000,00 e seis especializações em educação digital para os participantes do prêmio.

Com relação ao cenário de aprendizagem da Emeb Celina Fialho Bezerra perante o uso de diferentes tecnologias nas aulas pelo método remoto, o que pode se perceber é que há muita familiaridade dos professores e estudantes com o uso dessas tecnologias. O ano de 2021 ainda não acabou, assim sendo, o pós-pandemia tem muito a nos ensinar no que diz respeito aos métodos educacionais empregados, bem como as dificuldades presentes na vida de todos incluídos no processo de ensino-aprendizagem.

*YASKARA SEZIANE MARQUES é professora com especialização em Educação Especial e Inclusão Escolar (www.canva.com/pt_br/educacao/)

search