Dollar R$ 5,58 Euro R$ 6,09
Dollar R$ 5,58 Euro R$ 6,09

Judiciário Quarta-feira, 25 de Novembro de 2020, 11:01 - A | A

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2020, 11h:01 - A | A

CRIME NO ALPHAVILLE

MP pede seis meses de internação para garota que atirou em Isabele

Jefferson Oliveira
Cuiabá

O Ministério Público Estadual (MPMT) pediu à 2ª Vara da Infância e Adolescência da Capital, na última segunda-feira (23), a internação por seis meses da adolescente de 15 anos autora do disparo que matou Isabele Guimarães Ramos, 14, no dia 12 de julho, no condomínio Alphaville, em Cuiabá.

O pedido foi realizado pelo promotor Vinícius Gahyva, que alegou que o ato infracional praticado pela garota cabe internação de 3 anos. No entanto, a cada seis meses são feitas as verificações sobre a continuidade ou baixa da medida socioeducativa de internação.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A partir do recebimento do pedido de internação, a defesa da adolescente, que é patrocinada pelo advogado Artur Osti, tem oito dias, contados a partir de terça (24), para apresentar argumentos contra a internação.

Gahyva pede que a juíza Cristiane Padim finalize a ação com decisão de aplicação de medida socioeducativa. A adolescente chegou a ficar apreendida no Complexo Socioeducativo Menina Moça, mas foi foi liberada em menos de 12 horas.

O caso

Isabele foi morta no dia 12 de julho, em uma casa no condomínio de luxo Alphaville. Ela teria ido ao local a pedido da melhor amiga, para que juntas fizessem uma torta de limão. Quando ela se preparava para retornar para a sua casa, por volta das 22h, acabou sendo morta com um tiro no rosto. A garota tinha ido ao banheiro antes de sair de casa, momento em que foi surpreendida pela amiga.

search