Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Cidades Terça-feira, 05 de Março de 2024, 20:14 - A | A

Terça-feira, 05 de Março de 2024, 20h:14 - A | A

RGA EM PAUTA

Sintep/Lucas do Rio Verde rejeita proposta e apresenta indicativo de greve

Da Redação

Redação | Estadão Mato Grosso

Os profissionais da rede municipal de educação de Lucas do Rio Verde (420 km de Cuiabá(, expressaram seu descontentamento com as condições salariais ao aprovar um indicativo de greve. A proposta em questão visa uma Reposição Geral Anual (RGA) de 10% para todos os trabalhadores da área educacional, incluindo professores, equipe de suporte, merendeiras e motoristas de transporte escolar.

Mais de 800 trabalhadores se reuniram na Câmara Municipal da cidade em uma manifestação com o apoio do poder legislativo ao pleito por uma reposição salarial justa. Posteriormente, seguiram em carreata até o Paço Municipal, onde foram recebidos pelo prefeito Miguel Vaz e sua equipe de gestão, incluindo o Secretário Municipal de Educação.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Apesar da oferta da prefeitura de um reajuste de 5,5%, os trabalhadores consideraram esse valor muito aquém do necessário, levando em conta a defasagem de 25,81% em relação ao Piso Nacional Profissional do Magistério. Diante dessa disparidade, a categoria, em uma reunião ampliada, decidiu pelo indicativo de greve e propôs uma contraproposta de 10% de RGA. Esse movimento demonstra a disposição dos trabalhadores em negociar uma reposição que seja imediatamente aplicada, visando evitar a paralisação das atividades do ano letivo municipal em todas as 23 unidades escolares de Lucas do Rio Verde.

"A defasagem salarial em relação ao Piso Nacional dos Profissionais de Educação ultrapassa os 25%. No entanto, fizemos uma contraproposta solicitando um reajuste de 10% neste momento. Estamos comprometidos em buscar uma solução que atenda aos interesses de todos os envolvidos - nós, trabalhadores da educação municipal, a gestão municipal e a comunidade escolar. Agora cabe ao prefeito e sua equipe fazerem sua parte. Esperamos que tudo seja resolvido da melhor forma", ressaltou a presidente da Subsede do Sintep-MT em Lucas do Rio Verde, professora Marcia Bottin.

search