Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Cidades Terça-feira, 20 de Dezembro de 2022, 06:30 - A | A

Terça-feira, 20 de Dezembro de 2022, 06h:30 - A | A

DESPROTEGIDOS

Pais negligenciam vacina e impõem risco de morte aos filhos em Cuiabá

Até o momento, menos de 5% das crianças com idades entre 3 e 4 anos receberam o imunizante

Eliana Bess | Prefeitura de Cuiabá

Após 11 meses de liberação da vacina contra a Covid-19 para crianças, a cobertura está aquém do ideal em Cuiabá para esse público. Os dados do grupo de 5 a 11 anos, que corresponde a 60.659 pessoas, apontam que pouco mais da metade, 51,1%, recebeu a primeira dose do imunizante. O percentual para a segunda dose é ainda menor, 31,4%. A situação é ainda mais crítica em relação ao público de 3 a 4 anos, que até o momento contabiliza 4,7% das 18.415 crianças que deveriam ser vacinadas, isso com a primeira dose, e 1,1% com a segunda dose. No final de novembro foi liberada a vacina Pfizer Baby para crianças de 6 meses a menor de 3 anos com comorbidades e, até o momento, apenas 80 doses foram aplicadas.

“O esquema vacinal primário está bom para a faixa de idade dos 18 anos acima, com 97% deles imunizados e 93,5% para a segunda dose. A dificuldade está em atingir a cobertura vacinal no público infantil, porque os pais ainda relutam em levá-los. É preciso conscientização de que a vacina evita sintomas graves da Covid e, consequentemente, salva vidas. Cuiabá, como as demais cidades do país, está com aumento de casos, ainda que numa situação moderada, mas as pessoas que não receberam a vacina estão mais vulneráveis à contaminação. Isso coloca mais vidas em risco, porque a imunização garante que os sintomas se manifestem de maneira muito mais branda”, explicou a secretária-adjunta de Atenção Primária, Flávia Guimarães.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Acima dos 18 anos também foram liberadas as doses de reforço, chamadas popularmente de 3ª e 4ª doses, mas os vacinados somam 51% e 32,7%, respectivamente. O percentual está abaixo do esperado, tendo em vista que 97% deste público-alvo recebeu a primeira dose.

Ainda de acordo com os registros, 85% do público de 12 a 17 anos (53.824 pessoas) recebeu a primeira dose, o que corresponde a 45.761 doses aplicadas. Já a segunda dose para esta faixa etária está em 58,2%.

Desde que a vacina foi liberada, em 20 de janeiro de 2021, a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá segue o calendário de faixas etárias estipulado pelo Ministério da Saúde. No total, foram aplicadas 1.325.276 doses em Cuiabá, sendo 523.508 correspondentes à primeira dose e 484.181 à segunda.

Vacina disponível

Pessoas a partir de 12 anos que ainda não tomaram a primeira dose ou segunda dose da vacina contra a Covid-19 ou as acima de 18 anos que não tomaram o reforço, podem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência, pois todas as UBS dispõem do imunizante, com exceção da UBS Grande Terceiro, Ana Poupina e Novo Paraíso II.

As doses para crianças de 3 e 4 anos e de 5 a 11 anos estão disponíveis na UBS Pico do Amor, UBS Altos da Serra I e II, UBS Pedra 90 I e II, UBS Parque Cuiabá, UBS Jardim Liberdade / Osmar Cabral, UBS Parque Ohara, UBS Ilza Terezinha Picolli, UBS Jardim Vitória I, UBS Cidade Verde, UBS Quilombo, UBS Nossa Senhora da Guia, UBS Aguaçu e UBS Rio dos Peixes.

Para as crianças de 6 meses a menores de três anos, as doses estão disponíveis nas unidades do Cidade Verde, Parque Ohara e Ilza Picolli.

search