Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Cidades Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2024, 20:11 - A | A

Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2024, 20h:11 - A | A

APELO À COMUNIDADE

Menina de 16 anos sofre AVC e familiares pedem doação de sangue em Cuiabá

Assessoria de Imprensa

O Instituto Mário Cardi Filho e a Associação dos Advogados de Mato Grosso (AAMT) fazem um apelo à comunidade cuiabana e várzea-grandense para se unir em um ato de solidariedade que pode fazer toda a diferença na vida de Gabriela Barion, de 16 anos. A jovem encontra-se hospitalizada no Hospital Santa Rosa após sofrer um AVC e agora precisa urgentemente de transfusão sanguínea para seguir sua batalha pela recuperação.

As doações podem ser feitas no Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso (IHEMCO), que fica anexo ao Hospital Santa Casa de Cuiabá. O horário para doações é de segunda a sábado, das 07h às 19h, permitindo que os doadores encontrem um momento conveniente em suas agendas para contribuir.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Para doar sangue, é necessário atender aos seguintes requisitos:

Levar um documento com foto;
Estar bem alimentado;
Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
Pesar acima de 50 kg;
Ter entre 18 e 69 anos;
Se tiver tatuagem, a doação pode ser feita após 1 ano da realização da tatuagem;
Menores de 16 e 17 anos podem doar acompanhados por responsável legal.

“A solidariedade não tem idade, e cada doação é um gesto que pode salvar vidas”, declarou o presidente do Instituto, o advogado Ussiel Tavares lembrando que “Gabriela é mais do que uma paciente para nós; ela é a filha de um grande colaborador do Instituto e amigo, Daniel Barion. Neste momento desafiador, queremos retribuir todo o apoio que Daniel nos proporcionou ao longo dos anos, unindo a comunidade em um gesto solidário que pode fazer toda a diferença na vida de sua amada filha”, ressaltou Tavares.

A história de solidariedade não apenas ressoa nos corredores do Instituto, mas também entre aqueles que conhecem a dedicação de Daniel Barion à causa. Se você atende aos requisitos e deseja contribuir para o tratamento de Gabriela, não hesite em comparecer ao IHEMCO e doar um pouco do seu tempo e sangue. Cada gota conta e pode ser a diferença entre a esperança e a cura.

A família de Gabriela, o Instituto Mário Cardi Filho e a Associação dos Advogados de Mato Grosso agradecem antecipadamente a generosidade e compaixão de todos os doadores que se dispuserem a participar desse ato nobre. Vamos juntos mostrar que a solidariedade é o elo que une uma comunidade em momentos de dificuldade.

search