Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Cidades Quinta-feira, 12 de Novembro de 2020, 17:37 - A | A

Quinta-feira, 12 de Novembro de 2020, 17h:37 - A | A

DENÚNCIA

Colégio de Cuiabá realiza evento para disfarçar aulas presenciais

Davi Vittorazzi*

Pais de alunos do Colégio Ibero Americano, em Cuiabá, denunciam que a instituição realiza, desde a última segunda-feira (9), um evento chamado "Convenção do Conhecimento" para tentar descaracterizar as aulas presenciais que estão sendo realizadas com conteúdo programático de ensino presencialmente na instituição.

Segundo o relato, o evento promovido pela escola funciona no horário normal das aulas. Os estudantes das séries maiores vão para a escola durante a manhã e as crianças menores no período da tarde. O conteúdo utilizado nessa Convenção é o mesmo conteúdo previsto para conclusão do ano letivo.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Nem todos os alunos estão comparecendo às aulas presenciais, apenas os estudantes que foram autorizados pelos pais. Algumas salas contêm 10 alunos, outras chegam a terem mais de 20.

Pais e funcionários ouvidos pelo Estadão MT relatam estar indignados com a atitude da escola. De acordo com eles, o Colégio já foi denunciado para a Secretaria de Saúde e para o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso (Sintrae-MT).

Um funcionário do colégio, que não quis ser identificado, diz que os estudantes usam máscaras, mas nem todos respeitam o cumprimento das medidas de segurança contra a covid-19. "Têm momentos que eles tiram as máscaras e a gente tem que ficar implorando para colocarem de volta", conta.

Segundo o que observa uma mãe de um estudante, pelo vídeo das aulas online do filho, o distanciamento entre as cadeiras dos alunos não é respeitado e muitos alunos não usam máscaras.

Para essa mesma mãe, a escola está sendo negligente em manter esse evento em meio a pandemia. "Eu mantive meu filho em casa porque sei dos riscos e o que a escola está fazendo é colocando a vida de todos eles em perigo", relata.

Ela também argumenta que o ensino para os estudantes que estão em modo remoto está sendo mais afetado, pois com os alunos em salas, os professores precisam gastar mais tempo com estudantes que estão em sala. "Eu sinto que meu filho está sendo prejudicado, porque quem está lá presencialmente recebe mais atenção, enquanto meu filho não consegue acompanhar a aula", completou.

O ano letivo de 2020 da escola está previsto para terminar em dezembro, isso também foi mais um dos motivos para que a mãe não entendesse a justificativa de realizar o evento agora.

Davi Vittorazzi/Estadão MT

Colégio Ibero Americano 2

A reportagem registrou na manhã desta quarta-feira (11) crianças e diversos carros entrando na escola.

Regras para aulas em Cuiabá
O decreto emitido pela Prefeitura de Cuiabá no dia 13 de outubro permite a realização de eventos sociais e corporativos que variam de 200 a 300 pessoas. No entanto, aulas presenciais das redes privada e municipal continuam suspensas até o dia 20 de novembro.

As únicas atividades autorizadas ao retorno em Cuiabá são nas modalidades berçário I e II e maternal I, nas unidades de ensino privado, com no máximo 50% da capacidade máxima das salas de aula e respeitando o limite de até 15 alunos por turma, previsto no Decreto 8.084. Está disponível também, presencialmente, cursos livres em geral, pós-graduação e congêneres, com o limite de até 35 alunos por turma e 50% da capacidade do ambiente, conforme consta no Decreto nº 8.189.

O outro lado

A reportagem tentou contato com a escola por meio dos telefones existentes no site institucional, assim como preencheu a ficha disponibilizada no portal para contato com a unidade. As ligações não foram atendidas e não houve retorno da mensagem deixada. O espaço segue aberto para manifestação. 

*Estagiário sob supervisão da equipe editora

search