Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Política Terça-feira, 29 de Novembro de 2022, 12:48 - A | A

Terça-feira, 29 de Novembro de 2022, 12h:48 - A | A

OPOSIÇÃO FERRENHA

Vereador acusa prefeito de zombar de cuiabanos ao negar proposta de aumento do IPTU

Câmara Municipal de Cuiabá

O vereador Dilemário Alencar (Podemos) reagiu nesta terça-feira (29) à fala do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) que disse que o projeto que atualiza a Planta de Valores Genéricos da Área Urbana de Cuiabá não causará aumento no IPTU para o ano de 2023, e que os vereadores da oposição estão pregando que vai ter aumento por falta de conhecimento.

“Se falta algum conhecimento é por parte do prefeito, pois para falar que não terá aumento no valor do IPTU, ele não leu o projeto de autoria dele ou está mais uma vez usando da mentira para zombar com a população cuiabana. Qualquer leigo ao ler o projeto vai perceber que terá aumento”, disse o vereador Dilemário.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O parlamentar explicou a Planta Genérica será atualizada através da majoração do valor do metro quadrado proposto no projeto do executivo para estimativa do valor venal dos imóveis e terrenos existentes nas regiões urbanas de Cuiabá.

O valor do metro quadrado, dependendo da localização da área urbana da nossa cidade, terá aumentos em percentuais que variam entre 100% até 1000%, em relação aos valores atuais do metro quadrado aprovado na Planta Genérica de 2010.

“O que acontece: com aumento do metro quadrado, o valor venal de cada imóvel, conforme a sua área construída, também terá aumento na mesma proporção, consequentemente também elevando o valor do IPTU, visto que o valor venal do imóvel é a base de cálculo para se chegar ao valor do IPTU”, explicou o vereador Dilemário.

“É por isso que o IPTU, mesmo sem majoração na sua alíquota que é de 0,4% sobre o valor venal do imóvel, terá aumento para o contribuinte em 2023 nos percentuais de 100%, 200%, 300%, 400%, 500% e até de 1.000%”, concluiu o vereador Dilemário Alencar.

Nesta terça-feira, a pedido do vereador Dilemário Alencar e das vereadoras Maysa Leão e Michelly Alencar, será realizada uma audiência pública, às 19 horas, na Câmara Municipal, para debater os projetos do executivo que atualiza a Planta de Valores Genéricos da Área Urbana de Cuiabá e a criação de Taxa de Lixo com desconto na tarifa de água.

search