Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62

Política Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024, 08:51 - A | A

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024, 08h:51 - A | A

CLIMÃO NO UNIÃO

Botelho vai buscar apoio de Gisela, mas já adianta: "se não quiser, vá com Deus"

Pré-candidato disse entender que algumas pessoas não irão querer compor o seu palanque e garante que não tem problemas com isso

Fernanda Leite

Repórter | Estadão Mato Grosso

Presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União), disse que vai procurar a suplente de deputada federal Gisela Simona (União) para pedir seu apoio nas eleições municipais deste ano. Porém, já adiantou que não tem certeza se Gisela irá querer caminhar ao seu lado e que, se ela quiser outro caminho, tem total liberdade: "ela pode ir. Que vá com Deus".

Botelho disse entender que algumas pessoas não irão querer compor o seu palanque e garante que não tem problemas com isso. Suplente de Fábio Garcia (União), Gisela fez críticas a Botelho durante o processo de escolha do candidato do partido.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Nós vamos conversando. Evidentemente que tem algumas pessoas que não vão querer seguir. Para nós, não tem problema nenhum. A política é assim, não tem outros caminhos. Aí eu vou tentar, vou fazer tudo para conversar com ela, vou tentar de todas as formas trazê-la e mostrar pra ela que o nosso projeto é um projeto de construção por Cuiabá. Se ela se quer alguém de Cuiabá, ela vem conosco”, disse Botelho.

Gisela é a "herdeira" da cadeira de Fábio Garcia (União) na Câmara Federal e defendia que ele fosse o candidato do partido em Cuiabá. Ela não poupou críticas a Botelho durante o processo de escolha do candidato do União Brasil. Ela chegou a acusá-lo de ter ligações com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e de ser uma continuidade da gestão atual.

search