Dollar R$ 5,44 Euro R$ 5,85
Dollar R$ 5,44 Euro R$ 5,85

Polícia Sábado, 20 de Novembro de 2021, 10:12 - A | A

Sábado, 20 de Novembro de 2021, 10h:12 - A | A

QUERIAM EXONERAÇÃO

VÍDEOS: Indígenas mantém chefe da Funai em cárcere privado

Cátia Alves

Editora-adjunta

Indígenas da tribo Kayapó e Panarás são suspeitos de manter o chefe da Funai (Fundação Nacional do Índio) de Colíder (631,6 km de Cuiabá) em cárcere privado por mais de 10 horas, no escritório do órgão no município. A vítima foi agredida e sofreu vários ferimentos ao tentar fugir e ser recapturado pelos acusados.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Segundo o boletim de ocorrência, a polícia foi informada de que o chefe da Funai estava sendo mantido refém por representantes indígenas desde às 8h30 e que por volta das 19h, a vítima teria conseguido escapar do cativeiro, sendo recapturado pelos suspeitos, que o espancaram com chutes, socos e pauladas.

Foi informado que a vítima conseguiu escapar do local após encontrar um frasco de spray de gengibre usado contra os suspeitos na tentativa de escapar. Depois de um descuido dos suspeitos, ele fugiu do cativeiro, mas foi perseguido e ao ser alcançado foi agredido e levado novamente para dentro do escritório.

No boletim consta que a vítima só seria liberada após sua exoneração. A polícia então foi até o local e deu início a uma negociação, obtendo êxito. A vítima precisou de atendimento médico sendo levado até o Hospital Regional de Colíder.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A ocorrência foi encaminhada a delegacia de polícia local para demais providencias.

O nome da vítima não foi informado.

VEJA VÍDEOS 

search