Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Polícia Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 16:33 - A | A

Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 16h:33 - A | A

CEIFADOR DO CV

Bandido confessa ao menos 10 homicídios só esse ano a mando de facção criminosa

Igor Guilherme

Repórter | Estadão Mato Grosso

Preso no último sábado (29) em uma ação das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), o faccionado Lucas Alves de Goes, vulgo “LK”, de 27 anos, confessou a autoria de ao menos 10 homicídios somente nos seis primeiros meses deste ano. Lucas foi preso em Sorriso (398 km de Cuiabá) e foi identificado como sendo membro da facção criminosa Comando Vermelho.

Em conversa como delegado Bruno França, a reportagem do Estadão Mato Grosso foi informada da identidade de pelo menos duas vítimas de Lucas, são eles o Sérgio Lucas da Silva Júnior, de 25 anos e o Anderson Adriano Filippi, de 20 anos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Segundo o delegado, Lucas atuava como o executor da facção e já era de conhecimento das autoridades diversos homicídios no nome do faccionado, sendo duas mortes só caindo sobre ele após o mesmo confessar no interrogatório.

As vítimas

Anderson Adriano Filippi, de 20 anos, foi localizado no último domingo (23) em uma área de mata entre as cidades de Sorriso e Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá). Segundo o delegado Bruno França, em uma entrevista concedida à imprensa na época do crime, Anderson não tinha envolvimento com nenhuma facção, mas teria sido morto por ter postado uma foto com seu primo, esse sim faccionado e rival do Comando Vermelho.

“O Anderson não tinha envolvimento com o crime [organizado]. Eles acharam no celular uma foto do Anderson com o primo, o vulgo ‘Banha’, que esse sim é um faccionado, inimigo mortal deles, e aí eles concluíram que o menino seria faccionado por conta dessa foto”, explicou o delegado”, explicou Bruno.

Já Sérgio foi localizado nesta segunda-feira (1º) após ficar quase três meses desaparecido. O corpo foi localizado após LK relatar o local onde o corpo estava enterrado. Segundo informações, Sérgio estava desaparecido desde o mês de abril e um boletim de ocorrência foi feito pelo irmão.

LK continua preso e os casos são investigados.

search