Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76
Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76

Mundo Quinta-feira, 11 de Novembro de 2021, 15:40 - A | A

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2021, 15h:40 - A | A

TOLERÂNCIA ZERO

Pequim fecha shopping após seis casos de covid

g1

Um importante shopping center de Pequim foi fechado e os moradores de vários complexos residenciais passarão por um confinamento obrigatório a partir desta quinta-feira (11), na região central da capital chinesa, devido a um recente foco com seis casos confirmados de Covid-19.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Embora o nível de infecções seja muito menor na China do que na maioria dos países, o governo chinês continua a adotar uma estratégia de tolerância zero contra o coronavírus, com a imposição de severas restrições e testes em massa quando poucos casos são detectados.

Os seis novos casos foram registrados nos distritos de Chaoyang e Haidian, no centro de Pequim, onde está ocorrendo uma sessão plenária do Comitê Central do Partido Comunista — que adotou uma resolução que reforça poder do presidente do país, Xi Jinping.

Eles estão vinculados a contatos com pessoas infectadas na província de Jilin, no nordeste do país, segundo o governo.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso canal no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Confinamento e testagem em massa
Quatro complexos residenciais, uma escola do ensino básico e um prédio comercial entraram em lockdown nesta quinta, com dezenas de milhares de pessoas impedidas de sair e obrigadas a passar por testes de Covid-19.

Profissionais com trajes de proteção isolaram as áreas confinadas e entregaram alimentos aos moradores que estão confinados.

O shopping Raffles City, no centro da capital, foi fechado na quarta-feira (10) à noite, depois que um contato próximo de uma pessoa infectada visitou o local, segundo o jornal "Beijing Youth Daily".

As saídas foram bloqueadas e trabalhadores e clientes só deixaram o local após serem testados, e o centro comercial permanece fechado nesta quinta.

Enquanto outros países flexibilizaram as medidas para diminuir o contágio do vírus, devido ao avanço da vacinação, a China mantém sua estratégia de tentar erradicar completamente a doença quando um pequeno foco é registrado, adotando medidas rígidas e restrições à mobilidade.

search