Dollar R$ 5,42 Euro R$ 5,82
Dollar R$ 5,42 Euro R$ 5,82

Esportes Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021, 11:03 - A | A

Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021, 11h:03 - A | A

POR UM TRIZ

Cuiabá vive drama na reta final do Brasileirão

Gabriel Soares

Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

A derrota para o Palmeiras por 3 a 1 na noite de terça-feira, 30 de novembro, colocou o Cuiabá em uma situação dramática nesta reta final do Brasileirão. O time fica a apenas 3 pontos do Z4 e volta a ser assombrado pelo fantasma do rebaixamento. Nem mesmo a presença em massa da torcida, com o maior público da Arena Pantanal na temporada, foi capaz de impulsionar o time para cima.
“Foi um jogo difícil. Alertei os atletas: quando a gente joga contra reservas e jovens, eles querem demonstrar todo o potencial. Eles têm um elenco muito bom. Nós tivemos uma infelicidade logo no primeiro lance e acabamos tomando um gol. Isso foi determinante que a partida fosse como foi”, pontuou Jorginho, em coletiva à imprensa.


Irreconhecível em campo, o Dourado cometeu muitos erros de passe. Alguns deles graves, que deram origem a dois gols do Palmeiras. Logo após o jogo, o zagueiro Paulão e o técnico Jorginho reconheceram suas falhas e pediram para os jogadores manterem ‘a cabeça erguida’, pois o time ainda tem grandes chances de atingir seu objetivo e permanecer na Série A.
“Assumo meu erro. Acho que como um dos mais velhos na equipe, não posso errar em jogo tão decisivo como esse. Agora é ter a cabeça tranquila. Claro que pesa, tomar três gols dentro de casa, principalmente num jogo tão importante, que poderia decretar nossa permanência, mas não tá tudo errado. Agora é ter um pouco de calma”, disse Paulão.


“O que eu falei pros meus atletas e não mudo: aquilo que nós construímos até hoje, não vai ser por causa de um jogo ou erros nossos, que nós vamos deixar ou acreditar que o Cuiabá é essa equipe. Não é. O Cuiabá não é essa equipe que nós vimos hoje. Nós tivemos erros demasiados, que não são comuns em nossa equipe, e por isso acabamos tomando os gols”, complementou Jorginho, mais tarde, em coletiva à imprensa.


O Cuiabá estacionou em 43 pontos e caiu para a 15ª posição, apenas três pontos à frente do Bahia, que abre a zona de rebaixamento. Com isso, cresce a pressão para os próximos três jogos, que também serão difíceis. Na sexta-feira (3), o Dourado onde enfrentará o Athletico Paranaense em Curitiba, em um confronto direto para fugir do rebaixamento, já que apenas um ponto separa os dois times. Na sequência, o Cuiabá enfrentará Santos e Fortaleza.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)


Vindo de duas das suas maiores na temporada, com placar de mais de três gols, o Cuiabá agora precisa se recuperar dos tombos, sacudir a poeira e seguir em frente. Apenas uma vitória já basta para que o time carimbe sua vaga definitiva na Série A.
“Nós estamos vivos, estamos ainda com grandes possibilidades e tenho certeza que vamos alcançar o objetivo”, asseverou o técnico.

search