Dollar R$ 5,13 Euro R$ 5,57
Dollar R$ 5,13 Euro R$ 5,57

Economia Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 07:13 - A | A

Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 07h:13 - A | A

VALORIZAÇÃO

Preços melhoram e produtores aceleram vendas de soja para abrir espaço em armazéns

Com avanço da última semana, comercialização da safra 2023/24 já não é a mais lenta nos últimos cinco anos

Gabriel Soares

Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

Após meses segurando os estoques em busca de preços melhores, os produtores de Mato Grosso resolveram acelerar a venda da safra 2023/24 de soja na última semana. Segundo o relatório semanal do Instituto Mato-grossense de Economia Aplicada (Imea), parte desse movimento se deve à melhora dos preços, mas também há necessidade de abrir espaço nos armazéns para o milho de segunda safra.

Até a semana passada, a comercialização da safra 2023/24 de soja era a mais atrasada da série histórica, com apenas 55,91% da produção vendida. A situação mudou completamente na última semana, com um avanço de 11,48 pontos percentuais na comercialização, alcançando 67,43% da safra vendida até o momento. Com isso, o ritmo de comercialização se aproxima da média dos últimos 5 anos e já não é o mais lento da história recente.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Esse maior volume negociado no mês está atrelado à necessidade do produtor de abrir espaço nos armazéns para a entrada do milho, somado a alta nos preços da oleaginosa em relação a mar/24. Desse modo, o preço médio da soja em abril fechou em R$ 110,78/sc, alta de 3,96% ante o mês passado”, dizem os analistas do Imea.

O preço da soja reagiu após chegar ao menor patamar dos últimos três anos, mas ainda está longe do patamar considerado ideal pelos produtores. Em janeiro, a saca de soja estava cotada em R$ 93,09, o menor preço em mais de 3 anos. Já nesta segunda-feira, 13 de maio, a saca de soja fechou cotada em R$ 112,63 em Mato Grosso, acumulando alta de 1,57% na semana.

A safra 2024/25, que ainda nem foi plantada, também registrou aumento significativo das vendas na última semana, embora ainda permaneça com o pior ritmo dos últimos 5 anos. Conforme o relatório do Imea, as vendas avançaram 3,47 pontos percentuais (p.p.) na última semana, alçando a marca de 10,3% da safra comercializada, levemente pior que a safra 2023/24. Os produtores aproveitaram a melhora nas cotações da soja futura para travar os custos de produção.

“A venda realizada no mês foi pautada pelo aumento no preço da soja futura, o que motivou o produtor a negociar maiores volumes e travar os custos para a temporada. Em relação ao preço médio comercializado em abr/24, o indicador apresentou alta de 2,73% em relação ao mês anterior, fechando com média de R$ 103,45/sc”, informou o instituto.

search