Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Cidades Domingo, 11 de Dezembro de 2022, 16:23 - A | A

Domingo, 11 de Dezembro de 2022, 16h:23 - A | A

NOVA ONDA

Sobe pra nove o número de municípios com alerta vermelho pra covid em MT

Risco alto também subiu nos últimos dias, de 29 para 43

Tarley Carvalho

Editor-adjunto

Subiu para nove a quantidade de municípios classificados na cor vermelha devido ao risco muito alto de contágio pelo novo coronavírus em Mato Grosso. O Painel Covid-19 mostra que nos últimos três dias também subiu para 43 o número de cidades com classificação alta para contágio. No dia 8, última vez que o jornal Estadão Mato Grosso divulgou o balanço, eram sete e 29 municípios nas duas classificações, respectivamente.

A classificação de risco é baseada na incidência de casos nos últimos 14 dias. Municípios com mais de 500 casos a cada 100 mil pessoas recebem a cor vermelha, por apresentar risco muito alto de contágio.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Já as cidades com registros de 150 a 499 casos a cada 100 mil habitantes nas duas últimas semanas são classificadas com a cor laranja, que representa alto risco de contágio.

A classificação ainda inclui as cores amarela (risco moderado: 25 a 150 casos por 100.000 habitantes) e verde (baixo risco: menos de 25 casos a cada 100 mil habitantes).

O aumento do número de casos confirmados de covid-19 aponta para uma nova onda em território mato-grossense. Esse crescimento começou a ser observado há poucas semanas no estado e segue a tendência nacional.

O número de mortes não segue o mesmo crescimento exponencial do de casos confirmados, mas óbitos mais recorrentes também já podem ser observados nos boletins diários divulgados pelo jornal Estadão Mato Grosso.

Só neste mês, 13 mato-grossenses já perderam a vida para o novo coronavírus. O número supera todo o mês de novembro, quando oito pessoas morreram. Também é maior que outubro, quando o vírus matou 7 pessoas, e se aproxima do total de vítimas registrado em setembro, quando 20 pessoas foram a óbito em Mato Grosso.

O número de mortes, embora crescente, não acompanha a mesma agressividade do de casos confirmados. O motivo pode ser a eficácia da vacina contra a doença, cuja campanha de imunização nacional – embora atrasada – já se mostrou indispensável para o combate à pandemia, que chegou ao Brasil em março de 2020.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO DOS MUNICÍPIOS
RISCO MUITO ALTO DE CONTÁGIO
Acorizal
Araguaiana
Araputanga
Conquista d’Oeste
Lucas do Rio Verde
Novo Santo Antonio
Porto dos Gaúchos
Rondolândia
Santa Carmem

PARA VER AS DEMAIS CLASSIFICAÇÕES, CLIQUE AQUI

search