Dollar R$ 5,39 Euro R$ 5,79
Dollar R$ 5,39 Euro R$ 5,79

Cidades Segunda-feira, 22 de Novembro de 2021, 09:51 - A | A

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2021, 09h:51 - A | A

PIRACEMA

Sema-MT apreende 416 kg de pescado ilegal nos primeiros 45 dias

Assessoria de Imprensa | Governo de MT

Durante os primeiros 45 dias do período de defeso da piracema em Mato Grosso foram apreendidos 416 quilos de pescado, e aplicadas mais de R$ 45 mil em multas por pesca ilegal, por meio da fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), integrada com órgãos da Segurança Pública.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Foram apreendidas também 21 redes de pescas, 11 Tarrafas, 2 armas, 7 embarcações e mais 225 apetrechos de pesca. Além dos itens apreendidos, duas pessoas foram conduzidas à Delegacia por infração.

O período de defeso da piracema nos rios de Mato Grosso começou no dia 1° de outubro e vai até 31 de janeiro de 2022. Neste período, é proibida a pesca, exceto para subsistência, e retirada de peixes para pesquisa. A pesca nos Rios de divisa vai até 28 de fevereiro.

Operação Sinergia Piracema

As multas e apreensões são resultado da fiscalização integrada entre a Sema e órgãos da Segurança Pública "Operação Sinergia Piracema", que intensificou o patrulhamento das principais bacias hidrográficas do estado. O objetivo é garantir a proteção dos rios para permitir a reprodução dos peixes, e a preservação dos estoques pesqueiros.

A operação integra a Sema-MT e órgãos da Segurança Pública do estado, como a Polícia Militar (PM), por meio do Batalhão de Proteção Ambiental, Delegacia Especializada de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros Militar, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e o Juizado Volante Ambiental (Juvam).

O objetivo central é evitar a retirada de peixes dos rios no período em que a pesca é proibida. Também são feitas barreiras para inibir o transporte irregular de pescado e também a verificação de estoques de recursos pesqueiros em restaurantes, pousadas e hotéis da região.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Denúncias

Crimes ambientais devem ser denunciados por meio da Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-065-3838, pelo WhatsApp (65) 99321-9997, nas unidades regionais do órgão ambiental, ou ainda, pelo aplicativo MT Cidadão.

search