Dollar R$ 5,14 Euro R$ 5,57
Dollar R$ 5,14 Euro R$ 5,57

Cidades Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 15:54 - A | A

Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 15h:54 - A | A

CAOS NA SAÚDE

Prefeitura notifica empresa por quebra de contrato após não enviar médicos às UPAs

Da Redação

Redação | Estadão Mato Grosso

Após reunião do Conselho Regional de Medicina (CRM) com o secretário municipal de Saúde (SMS) Deiver Teixeira, a Prefeitura resolveu suspender o contrato com a empresa Cooperativa de Atendimento Pré e Hospitalar (Coaph). A reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira, 24, e teve como assunto principal a falta de médicos e a superlotação de Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs) e policlínicas. A empresa que fornecia médicos recebeu a notificação na tarde desta quinta-feira, 25.

A conversa entre o CRM e a SMS aconteceu após denúncias de que estavam faltando médicos nas UPAs dos bairros Jardim Leblon e Pascoal Ramos, causando longas filas de espera para atendimento médico.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Em nota, a prefeitura explicou que a empresa Coaph não cumpriu o contrato de fornecer médicos às unidades de pronto-atendimento de Cuiabá. A prefeitura informou ainda que já abriu outro edital para contratar médicos e dentistas, com 120 vagas para contratação imediata e 260 de reserva.

VEJA NOTA

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que já efetuou a notificação da empresa Coaph para findar o contrato mediante as inconsistências contratuais apresentadas, como o descumprimento da presença dos profissionais médicos nas unidades de pronto-atendimento, como registrado nesta quinta-feira (25), nas Upas do Jardim Leblon e Pascoal Ramos;

-Esclarece que os pagamentos são efetuados, conforme a legislação, no prazo de até 90 dias após a glosa pelos técnicos da SMS; 

-Informa ainda que o Ministério Público do Estado de Mato Grosso será informado quanto às inconsistências e será requisitada medida para sanear a demanda mediante a contratação direta em caráter emergencial;

-Reforça ainda que publicou na terça-feira (23) o edital de abertura do processo de seleção simplificado Nº 001/SMS/2024, que visa a contratação temporária de médicos e cirurgiões dentistas;

-Ao todo, a seleção oferece 120 vagas para contratação imediata e 260 vagas para cadastro reserva. Os salários chegam a R$10,9 mil. A seleção prevê a contratação imediata de 95 médicos e 25 cirurgiões dentistas. Na maioria dos cargos, a carga horária é de 20 horas semanais.

search