Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Cidades Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2022, 07:00 - A | A

Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2022, 07h:00 - A | A

DADOS PRÉVIOS

População em MT cresce 6% em um ano; estado tem a 4ª menor cidade do país

Rafael Machado

Repórter | Estadão Mato Grosso

Em um ano, a população mato-grossense cresceu 6%. É o que aponta o levantamento prévio divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o Censo Democrático 2022 em comparação com a estimativa divulgada pelo órgão no ano passado.

Em 2021, o número de pessoas que viviam no estado era de 3.567.234. Neste ano houve aumento de 217 mil, chegando a 3.784.239.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Mato Grosso é o 16° estado com maior número de moradores do país. Os mais habitados são São Paulo (46.024.937), Minas Gerais (20.732.660) e Rio de Janeiro (16.615.526). Ao todo, mais de 207 milhões de pessoas vivem no Brasil.

Dos 141 municípios de Mato Grosso, Cuiabá é a cidade com maior número de habitantes. Há 694.244 pessoas morando na capital, segundo dado prévio do IBGE, crescimento de 11,3% em comparação ao ano passado.

Várzea Grande, segunda cidade mais populosa, tinha um pouco mais de 290 mil moradores em 2021, neste ano houve aumento de 25.328 pessoas.

Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra são os municípios que têm mais de 100 habitantes. Veja a tabela com o número prévio de cada cidade no final da matéria

Menos populosa

Araguainha é a cidade de Mato Grosso menos populosa. O município tem menos de mil moradores, 998, fica na região leste do estado e está localizado a 436 km de Cuiabá. Em comparação com todos o território nacional, Araguainha é a quarta menor cidade do país.

Serra da Saudade (MG) está em primeiro, com 836; Borá (SP) em seguida, com 877; Anhanguera (GO) com 927.

Dados prévio

De acordo com o IBGE, 83,9% da população brasileira já havia sido recenseada até o dia 25 de dezembro.

A coleta de dados continua e os moradores que ainda não responderam o Censo devem ligar para o Disque-Censo, 137, para agendar entrevista.

O recenseamento continuará durante o mês de janeiro de 2023.

Tabela

 

search