Dollar R$ 5,39 Euro R$ 5,79
Dollar R$ 5,39 Euro R$ 5,79

Cidades Sexta-feira, 19 de Novembro de 2021, 16:01 - A | A

Sexta-feira, 19 de Novembro de 2021, 16h:01 - A | A

MELHORIA NA RELAÇÃO

Estado vai investir em comunicação entre veterinários e criadores de alevinos

A iniciativa visa garantir informações imprescindíveis para a produção de alevinos saudáveis no Estado

Viviane Moura | Sedec-MT

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), por meio do Programa Estadual de Sanidade dos Animais Aquáticos, iniciou nesta semana ações sistemáticas de vigilância veterinária e educação sanitária nas propriedades produtoras de alevinos do Estado.

 - FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A iniciativa visa criar um canal de comunicação entre médicos veterinários oficiais e piscicultores, garantindo fluxo de informação imprescindível para a produção de alevinos saudáveis em Mato Grosso.

As informações sobre os alevinos devem ser disponibilizadas, presencialmente, pelo piscicultor em uma unidade do Indea.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

As equipes de vigilância veterinária irão verificar junto às alevinoculturas as medidas de biosseguridade implantadas nos estabelecimentos produtores. Bem como, orientar sobre a importância dessas ações para o crescimento da atividade no Estado.

Dados

Atualmente Mato Grosso é o 2º maior produtor de peixes nativos (Tambaqui, Surubim, Pacu e Piau) do Brasil. E ocupa a 5ª posição como maior produtor de peixe de cultivo em nível nacional, tendo produzido em 2019, 49 mil toneladas de pescado.

search