Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62

Cidades Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2022, 18:09 - A | A

Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2022, 18h:09 - A | A

MISSÃO CUMPRIDA

Escola de Aperfeiçoamento da PM capacita mais de mil policiais em 2022

Cursos são obrigatórios para preparar o policial militar para assumir novas missões na PMMT

Da Redação

Redação | Estadão Mato Grosso

A Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso finalizou o ano de 2022 com 1.062 policiais militares capacitados nos Estágios de Atualização e Qualificação de Praças.

Os militares, cabos e sargentos, se aprimoraram nas disciplinas de Direito Penal, legislação extravagante, TCO, Sistema Sigadoc, Procedimentos Operacionais além de outras práticas.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Os cursos são obrigatórios para preparar o policial militar para assumir novas missões na PMMT.

O tenente-coronel PM Bruno Marcel Souza Tocantins, comandante da EsFap, destaca que “a capacitação é de suma importância para melhorar o serviço dos policiais militares no trato com o cidadão, atualizar o conhecimento e conhecer os sistemas tecnológicos que utilizarão nas ruas”.

Além dos policiais militares da Capital, participam das capacitações os policiais do interior do Estado. Os militares aplicaram a teoria na prática, nas ruas da Grande Cuiabá e auxiliaram em eventos como Expoagro, partidas de futebol e Festival de Inverno.

No ano de 2022, a PMMT, por meio do comandante-geral, coronel Alexandre Corrêa Mendes, assinou termos de cooperação entre a EsFap e a Escola do Poder Judiciário, ESMAGIS, e Escola do Tribunal de Contas do Estado.

O comandante-geral, coronel Mendes, lembrou que o governador Mauro Mendes comprou equipamentos de ponta para os militares, o que também exige que eles estejam extremamente preparados.

“Portanto, treinamento contínuo, para nós, é uma máxima de muita seriedade. Nosso esforço em colocar milhares de PMs em sala de aula vai ao encontro da necessidade que o cidadão tem de um profissional de alto nível, que conhece a legislação, que sabe dialogar tecnicamente, sobretudo, está apto física e mentalmente”, disse o comandante-geral.

search