Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Brasil Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2024, 19:32 - A | A

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2024, 19h:32 - A | A

"SIGAM ME OS BONS"

VÍDEO: Policias se disfarçam de Chapolin para prender bandidos em bloco de carnaval

g1

Policiais civis fantasiados de "Chapolin Colorado" se infiltraram entre foliões e, disfarçados como o personagem do seriado de TV mexicano, conseguiram prender quatro suspeitos de furtar celulares das vítimas durante desfile de um bloco carnavalesco de rua. Seis telefones foram encontrados e apreendidos com eles.

O inusitado caso ocorreu neste domingo (18) durante o pós-carnaval na região do Parque Ibirapuera, Zona Sul de São Paul, e foi gravado pelos agentes da Polícia Civil.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Durante o pré-carnaval e o carnaval a polícia já havia feito colocado agentes disfarçados de foliões, com camisas floridas, da seleção brasileira, de clubes de futebol, bermudas, chapéus, bonés, óculos escuros, e até glitter e purpurina para prender ladrões nos blocos de carnaval de rua na capital. A medida ajudou a deter algumas quadrilhas e a recuperar parte dos aparelhos levados.

Neste último domingo, os policiais se aperfeiçoara e decidiram se fantasiar para enganar os criminosos. Num dos vídeos é possível ver os policiais usando a clássica roupa vermelha com as letras "CH" dentro de um coração, na altura do peito, enquanto levam presa uma mulher suspeita de furtar celulares.

Outra mulher e dois homens foram presos pelos "chapolins". Todos os quatro são estrangeiros e têm entre 21 a 38 anos de idade, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP). A pasta não informou quais são as nacionalidades deles.

Segundo a SSP, os policiais disfarçados viram que um grupo de pessoas tentava esconder celulares na roupa e isso chamou a atenção dos agentes. O grupo foi abordado e os agentes confirmaram que os aparelhos tinham sido furtados de foliões.

Os quatro foram levados pelos "chapolins" à uma delegacia, onde foram indiciados por furto e associação criminosa. Eles passarão por audiência de custódia nesta segunda-feira (19). a Justiça decidirá se deverão continuar detidos ou responderam aos crimes em liberdade.

Segundo dados da SSP, as ações de policiais disfarçados, fantasiados e até identificados como agentes conseguiram prender 59 criminosos e recuperar 189 celulares e 598 cartões bancários na capital. Os dados são do pré-carnaval, carnaval e pós carnaval em blocos de rua.

"O recado foi dado aos criminosos, que agora devem pensar duas vezes antes de agir, pois saberão que ao lado deles pode estar um policial descaracterizado", falou à reportagem Guilherme Derrite, secretário da Segurança Pública.

“Esse fator surpresa foi o que nos ajudou a prender os criminosos em flagrante, já que uma das grandes dificuldades do roubo de celular é justamente essa, devido à rapidez da ação desse crime”, completou o secretário da SSP.

search