Dollar R$ 5,14 Euro R$ 5,57
Dollar R$ 5,14 Euro R$ 5,57

Brasil Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 14:18 - A | A

Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 14h:18 - A | A

MORTE EM VOO

Etiquetas da caixa que levava Joca tinham nome de outro cachorro

A caixa de transporte em que o cachorro Joca - morto durante um voo entre Fortaleza (CE) e Guarulhos (SP) na última segunda-feira, 22 de abril, tinha etiquetas com o endereço de Manaus, além do nome e peso de outro animal chamado Kiara, segundo a família tutora do cachorro.

Em entrevista à TV Globo, Marcia Martins, mãe de João Fantazzini - o tutor oficial do cãozinho - contou que reparou nas etiquetas quando foi encontrar o filho e o cão, já morto, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande SP, na segunda (22).

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Eles não têm nem o cuidado de etiquetar direito, de tirar uma etiqueta e colocar a dele. Eles não tiveram um pingo de cuidado”, desabafou Marcia (veja vídeo acima).

Joca morreu depois de um erro da companhia aérea Gol, que ao invés de remeter o animal para o destino original em Sinop, transportou o bicho para Fortaleza.

O cão tinha um atestado para ficar 2h30 em trânsito, mas acabou passando 8 horas. Em Fortaleza, o cachorro não foi retirado do canil e ficou exposto ao sol por cerca de 1h30, segundo relatos da família.

Ao chegar em São Paulo no fim da tarde, o tutor relatou que Joca estava molhado e com o corpo quente.

 A polícia está investigando o local em que o cachorro foi encontrado e escutando os funcionários do aeroporto. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também investiga o caso.

O g1 procurou a empresa aérea Gol nesta quinta-feira, 25 de abril, para comentar a fala de Marcia Martins, mas a empresa retornou com a mesma nota que já havia enviado antes da declaração.

O que diz a Gol
"A GOL se solidariza com o sofrimento do tutor do Joca e de sua família. Entendemos a sua dor e lamentamos profundamente pela perda do seu animal de estimação. O cão deveria ter seguido para Sinop (OPS), no voo G3 1480 do dia 22/04/2024, a partir de Guarulhos (GRU), porém, por uma falha operacional o animal foi embarcado em um voo para Fortaleza (FOR).

Assim que o tutor chegou em Sinop, foi notificado sobre o ocorrido e sua escolha foi voltar para Guarulhos (GRU) para reencontrar o seu animal de estimação.

A equipe da GOLLOG na capital cearense desembarcou o cão e se encarregou de cuidar dele até o embarque no voo G3 1527 de volta para Guarulhos (GRU). Neste período, foram enviados para o tutor registros do animal sendo acomodado de volta na aeronave. Infelizmente, logo após o pouso do voo no aeroporto de Guarulhos, vindo de Fortaleza, fomos surpreendidos pelo falecimento do cão.

A Companhia está oferecendo desde o primeiro momento todo o suporte necessário ao tutor e sua família. A apuração dos detalhes do ocorrido está sendo conduzida com total prioridade pelo nosso time.

Suspensão e restrição de serviços

Para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação deste evento, a GOL suspendeu por 30 dias (a partir desta quarta-feira, 24/04 até 23/05) a venda do serviço de transporte de cães e gatos pela GOLLOG Animais e pelo produto Dog&Cat + Espaço, para viagens realizadas no porão da aeronave. O serviço Dog&Cat Cabine, para Clientes que levam seus pets na cabine do avião, não sofrerá nenhuma alteração.

Para os Clientes que contrataram o transporte do seu pet entre 24/04/24 a 23/05/24 por meio dos serviços que estão com restrição, poderão optar por restituição total do valor, inclusive do valor da sua passagem (no caso de Dog&Cat + Espaço), ou por postergar a viagem, sem custo, para depois de 23/05/24 em voos até 31/12/2024.

Aqueles Clientes que se encontram no destino de sua viagem e possuem um dos serviços restritos contratados para a volta serão atendidos se assim desejarem.

As equipes de aeroportos da GOL estarão à disposição para dúvidas ou através da central de atendimento pelo 0800 704 0465".

 

search