Dollar R$ 5,14 Euro R$ 5,57
Dollar R$ 5,14 Euro R$ 5,57

Política Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 17:51 - A | A

Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 17h:51 - A | A

RESSOCIALIZAÇÃO

VÍDEO: Mauro diz que ar-condicionado em celas irá incentivar detentos a trabalhar

Medida só valerá os reeducandos que trabalham, estudam e têm bom comportamento

Bruna Cardoso

Repórter | Estadão Mato Grosso

Fernanda Leite

Repórter | Estadão Mato Grosso

O governador Mauro Mendes (União) defendeu nesta quinta-feira, 25 de abril, a proposta de instalar ar-condicionado nas penitenciárias para incentivar que as pessoas encarceradas trabalhem. A medida foi anunciada por Mauro na quarta-feira, 24, durante visita à Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May.

Em conversa com jornalistas, Mauro ressaltou que os presidiários já representam um custo elevado para o Estado sem trabalhar, mas poderiam dar ao menos algum retorno à sociedade.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Um preso custa R$ 4 mil dormindo o dia inteiro. Se ele trabalhar, ele vai produzir muito para a sociedade e para o Estado. Nós não podemos ser medíocres e olhar só para um viés. Nós temos que colocar aquele sujeito lá dentro para trabalhar”, disse.

O secretário-adjunto de Administração Penitenciária de Mato Grosso, Jean Carlos Gonçalves, enfatizou que a medida não valerá para todos os reeducandos, mas somente para aqueles que trabalham, estudam e que tenham bom comportamento. 

A expectativa do governo é que a medida estimule os detentos a trabalhar para conseguirem ter acesso a condições melhores enquanto pagam pelos crimes que cometeram.

search