Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Política Terça-feira, 30 de Janeiro de 2024, 20:03 - A | A

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2024, 20h:03 - A | A

DESCASO

Vereador acusa Prefeitura de deixar motos se deteriorando ao relento em Cuiabá

Lucieder Luz | Câmara Municipal de Cuiabá

O vereador Dilemário Alencar (Podemos) realizou uma fiscalização no pátio do almoxarifado da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana – Semob -, onde encontrou muito lixo, recipientes cheios de água servindo de criadouro do mosquito aedes aegypti, e muitos bens públicos em bom estado se deteriorando por estarem expostos ao sol e a chuvas.

“Fiquei indignado com a desorganização que se encontra o pátio do almoxarifado da Semob. O local está insalubre devido muito lixo, poças de água servindo para a proliferação do mosquito da dengue, bem como, muitos materiais em bom estado sendo guardados com descaso”, disse o vereador Dilemário.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Na fiscalização, o parlamentar encontrou motos em bom estado guardadas de forma inapropriada, bem como, centenas de placas de sinalização de trânsito e material que é usado para a pintura de faixas de pedestres.

“Dinheiro público jogado na lata do lixo! Canos que são usados para fixar placas tem de monte, onde são guardados sem nenhuma proteção. Muitos já estão enferrujados. As motos que encontrei, estão virando sucatas. As motos poderiam estar sendo usadas nas atividades da Semob para organizar o trânsito”, relatou o vereador Dilemário.

Foi relatado também por Dilemário, que centenas de placas de trânsito, principalmente as de alerta para existência de radares, estão jogadas no chão sem nenhuma proteção.

“A gente percebe que a sinalização para alerta de radares é fraca nas ruas de Cuiabá, mas no pátio da Semob existem diversas placas de alerta. É muita sacanagem! Isso evidencia que compraram centenas dessas placas, mas não Instalaram nas ruas para manter a indústria da multa”, pontuou.

“Outro absurdo que encontrei, foi vários sacos de material usado na pintura de faixas de pedestres se estragando de forma irresponsável. No ano de 2023, a Semob gastou mais de R$ 9 milhões para pinturas de faixas, mas é notório que a maioria das faixas de pedestres em Cuiabá está apagada, sem a devida manutenção. Vou entregar um relatório ao Ministério Público relatanto esse descalabro com dinheiro publico existente no pátio da Semob”, concluiu o vereador Dilemário Alencar.

search