Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,85
Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,85

Política Terça-feira, 16 de Novembro de 2021, 19:36 - A | A

Terça-feira, 16 de Novembro de 2021, 19h:36 - A | A

PARCERIA ANTIGA

Stopa busca investimentos do Estado e evita falar sobre processo de Emanuel

Prefeito em exercício se reuniu com o governador Mauro Mendes nesta terça, para tratar de asfaltamento na capital

Gabriel Soares

Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

Jefferson Oliveira

Repórter | Estadão Mato Grosso

Prefeito em exercício em Cuiabá, José Roberto Stopa (PV) se reuniu no final da tarde desta terça-feira (16) com o governador Mauro Mendes (DEM) para dar continuidade às tratativas de possíveis investimentos em Cuiabá. No encontro, intermediado pelo deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), foi tratado do asfaltamento de uma série de bairros na capital.

Em conversa com jornalistas, Stopa garantiu que não tratou de processos e nem do afastamento de Emanuel Pinheiro (MDB). Segundo ele, a reunião serviu apenas para tratar de investimentos na capital, que também não estão garantidos, mas devem ocorrer.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

“Eu pedi alguns projetos na área de asfalto e discutimos vários outros assuntos. Cuiabá precisa muito de asfalto. O governador pediu pra gente equacionar os projetos no momento certo. Não saiu com um compromisso de arranjar”, disse. “Não há promessas. O governador pediu para eu trazer um conjunto de projetos para que possam ser analisados. O prazo é o mais rápido possível”, emendou.

Segundo Stopa, o prefeito afastado Emanuel Pinheiro sabia do encontro com o governador, que era de conhecimento público. Ele garante que não houve qualquer tentativa de interferência por parte de Emanuel, que é rival político declarado do governador Mauro Mendes.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso canal no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

As tratativas que estão em andamento também não devem ser interrompidas caso Emanuel retorne ao cargo, garantiu Stopa. A ideia é que os recursos sejam destinados à Prefeitura, que ficará responsável por tocar as obras.

“Ele vai, sem dúvida nenhuma, aceitar isso. Vocês têm que entender que o que eu estou fazendo na Prefeitura é uma continuidade da gestão. Fazendo algumas correções que porventura são necessárias, mas é uma continuação. Não há problema nenhum. Nesses dias em que o prefeito está afastado, em momento nenhum ele me pediu ou tentou direcionar minhas ações na prefeitura”, asseverou.

Questionado sobre os pedidos de cassação protocolados na Câmara contra Emanuel, Stopa disse que não está acompanhando os casos e acredita que os vereadores farão “o melhor por Cuiabá”. O prefeito em exercício também evitou fazer conjecturas sobre o retorno de Emanuel, afirmando que confia na Justiça para dar uma solução ao caso.

search