Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,85
Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,85

Política Terça-feira, 07 de Dezembro de 2021, 07:15 - A | A

Terça-feira, 07 de Dezembro de 2021, 07h:15 - A | A

ELEIÇÕES 2022

Lula supera Bolsonaro na capital do agronegócio com 42% das intenções de voto

Gabriel Soares

Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

O presidente Jair Bolsonaro (PL) é visto como predileto dos mato-grossenses para a disputa presidencial em 2022, mas essa situação pode estar mudando. É o que aponta a pesquisa realizada pelo Instituto IPEC em Rondonópolis, segunda maior economia de Mato Grosso, durante os últimos dias do mês de novembro.

O levantamento coloca o ex-presidente Lula como favorito da população rondonopolitana, com vantagem sobre Bolsonaro tanto na pesquisa espontânea – os eleitores nomeiam um candidato – quanto na estimulada – uma lista de nomes é apresentada pelo pesquisador.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Na modalidade espontânea, Lula surge com 27,5% das intenções de voto, contra 18,17% de Bolsonaro. O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) aparece em terceiro lugar, com 1,50%, e Ciro Gomes (PDT) surge logo em seguida, com 1,17%. Os tucanos João Dória e Eduardo Leite aparecem de forma inexpressiva, com 0,5% e 0,17%, respectivamente. Cabo Daciolo (Avante) soma 0,33%.

Já na modalidade estimulada, a vantagem de Lula se amplia. O petista surge com 42,17% das intenções de voto, contra 29,83% de Bolsonaro. Sérgio Moro aparece em terceiro, com 4,17% dos eleitores, seguido por Ciro Gomes, que detém 3,17%. O candidato do PSDB, João Dória, aparece com apenas 1% das intenções de voto, pouco à frente de Cabo Daciolo, que tem 0,17%.

A pesquisa aponta ainda que 1,67% dos eleitores preferem votar branco ou nulo e 17,17% não opinaram.

Lula é o candidato preferido pelas mulheres. Entre elas, o ex-presidente soma 49,45% das intenções de voto. Já entre os homens, Lula e Bolsonaro aparecem empatados, com 36,17%. Moro, Ciro Gomes e Daciolo também têm pontuações melhores entre os homens que entre as mulheres.

TERCEIRA VIA - A pesquisa também aponta que a população rondonopolitana não acredita na construção da chamada ‘terceira via’ para quebrar a polarização entre Lula e Bolsonaro. No total, 50,33% dos eleitores apontaram não acreditar na terceira via, enquanto 33,5% veem uma possibilidade. Outros 16,17% dos eleitores não souberam ou não quiseram responder.

Entre os candidatos da chamada ‘terceira via’, o preferido é Ciro Gomes, que surge com 37,81% das intenções de voto. O ex-juiz Sérgio Moro aparece em segundo lugar, com 31,84%. Cabo Daciolo aparece empatado com os tucanos Eduardo Leite e João Dória, todos com 7,46%.

MUDANÇA - Bolsonaro foi o mais votado em Rondonópolis durante as eleições de 2018. Candidato pelo PSL à época, o atual presidente recebeu 63,18% dos votos válidos no primeiro turno e teve sua vitória na cidade confirmada com 68,66% dos votos válidos no segundo turno. Mais que o dobro da votação do petista Fernando Haddad, que alcançou 31,34%.

METODOLOGIA - A pesquisa do Instituto IPEC tem 5% de margem de erro, para mais ou para menos, e um intervalo de confiança de 95%. Para isso, os pesquisadores ouviram 600 moradores de Rondonópolis entre os dias 26 e 29 de novembro. A amostra segue quota proporcional à população do município, nas variáveis sexo, idade, escolaridade e renda familiar.

search