Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,93
Dollar R$ 5,43 Euro R$ 5,93

Política Quinta-feira, 18 de Novembro de 2021, 10:41 - A | A

Quinta-feira, 18 de Novembro de 2021, 10h:41 - A | A

ALÍVIO NA PANDEMIA

Cuiabá pode deixar de usar máscaras "em breve", avalia Stopa

Prefeito interino diz que decisão será tomada se números da pandemia permanecerem em queda

Jefferson Oliveira

Repórter | Estadão Mato Grosso

Felipe Leonel

Repórter | Estadão Mato Grosso

O prefeito em exercício de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV), afirmou que se os números da pandemia continuarem caindo, em breve o município de Cuiabá vai começar a flexibilizar o uso de máscaras. A declaração foi dada na tarde desta quarta-feira (17), durante inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Ribeirão do Lipa.

“Se os números continuarem como estão, em breve Cuiabá também deixará de usar as máscaras”, disse Stopa, ao responder se iria seguir as mesmas medidas sugeridas pela Secretaria de Saúde de VG.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

No começo deste mês, o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus de Várzea Grande demonstrou interesse em seguir as medidas já adotadas pelo Rio de Janeiro, Distrito Federal e outros estados, que já desobrigaram o uso do equipamento de proteção individual em locais abertos, como praças e parques. No entanto, a desobrigação em VG também depende dos números.

Os posicionamentos dos Executivos de VG e Cuiabá divergem da opinião do governador Mauro Mendes (DEM), que defende mais cautela para flexibilizar as medidas. Ao defender cautela, Mauro citou a situação da Europa, onde a população começa a ser assolada por uma nova onda de covid.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O governador também defendeu a vacinação e chamou de ‘malucos’ as pessoas que associam a vacina da covid com o surgimento de doenças infecciosas.

“[A eficácia] já está amplamente comprovada. Só os malucos têm essa teoria que a vacina causa isso ou causa aquilo. Milhões de vidas foram salvas por causa da vacina. A máscara tem cientificamente também o seu papel, a sua contribuição e vamos aguardar pra que a ciência, os meios adequados, oriente a tomada dessa decisão”, disse Mauro.

search