Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Política Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022, 20:00 - A | A

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2022, 20h:00 - A | A

COTADO PARA PREFEITO

Contrário à federação de esquerda, vice não pretende deixar o PV e não descarta Prefeitura em 2024

Stopa é o principal nome para disputar a eleição pelo grupo de Emanuel, que já está em seu segundo mandato

Rafael Machado

Repórter | Estadão Mato Grosso

Apesar de ser contrário à federação com partidos de esquerda, o presidente estadual do PV em Mato Grosso, José Roberto Stopa, não pretende deixar o comando da legenda. Cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá em 2024 pelo grupo do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), de quem é vice, Stopa se esquiva de comentar o projeto político e diz que está focado em captar recursos para lançar obras até abril, quando a cidade completa 304 anos.

"Por enquanto não [sair do PV], esse final de ano e o próximo, principalmente, o próximo ano será de muito trabalho. Administrar aproximadamente R$ 300 milhões de obras em Cuiabá em uma secretaria pequena, com escassos recursos de mão de obra qualificada é muito trabalhoso. Eleição é em 2024 e no final do ano que vem a gente começa a discutir partido", disse em entrevista à imprensa.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Sobre ser a aposta de Emanuel, o vice-prefeito desconversou e comentou apenas que a política é uma consequência dos trabalhos prestados à capital e, caso esteja credenciado, vai discutir com o partido sobre o projeto.

"No momento, a única coisa que eu pretendo é, em abril do próximo ano, lançar no mínimo R$ 300 milhões de obras em Cuiabá. Estamos trabalhando para isso, estamos viabilizando para isso, estamos viabilizando parcerias, viabilizando emendas", disse.

"A única coisa que me preocupa no próximo ano é trabalhar muito. A política é uma consequência do trabalho se tiver, obviamente, estar bem terei o maior orgulho de ser candidato e vou discutir partido, se não tiver bem vida que segue, eu sou servidor público de carreira sempre trabalhei muito e vou continuar trabalhando muito", complementou.

search