Dollar R$ 5,16 Euro R$ 5,60
Dollar R$ 5,16 Euro R$ 5,60

Política Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 16:06 - A | A

Quinta-feira, 25 de Abril de 2024, 16h:06 - A | A

COMANDO DA ASSEMBLEIA

Beto nega articulação pela 1ª Secretaria e declara voto em Max Russi para presidente da AL

Thiago Portes

Repórter | Estadão Mato Grosso

Fernanda Leite

Repórter | Estadão Mato Grosso

O deputado estadual Beto Dois a Um (União) negou que tenha intenção de se candidatar ao cargo de primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (ALMT). Em conversa com jornalistas nesta quinta-feira, 25 de abril, Beto declarou que votará em Max Russi (PSB) para a Presidência da Casa no próximo biênio.

Segundo o deputado, tudo o que saiu até o momento na imprensa e em conversas de bastidores não passa de boatos. Ele garante que não manteve conversas com ninguém sobre a composição da Mesa.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Não debati sobre isso. Tenho o desejo de auxiliar o máximo que eu puder. Não parei para pensar nisso ainda. Tudo o que falaram até agora é boato. Mas, tudo o que eu puder fazer para ajudar a Assembleia, eu vou fazer. Acho que a Assembleia vem sendo conduzida de uma forma muito legal. Tem muita credibilidade o trabalho que o Botelho e o Max vêm fazendo. Eu acho importante essa continuidade”, afirmou Beto.

Beto deixou claro que já declarou apoio a Max Russi para liderar a Assembleia no próximo biênio. Sobre a 1ª Secretaria, Beto ressaltou que ainda não conversou com a deputada Janaína Riva (MDB), que pretende se lançar ao cargo.

“Já declarei meu apoio à candidatura do Max à Presidência. Agora vamos entender como vai ser o decorrer disso.”

O deputado ainda enfatizou que só trocou o PSB, de Max Russi, pelo União Brasil para ajudar na pré-campanha do presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (União), à Prefeitura de Cuiabá.

“O único motivo de eu vir para o União Brasil é auxiliar o Botelho na construção da mudança que acreditamos para Cuiabá”, finalizou.

search