Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,83
Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,83

Polícia Segunda-feira, 06 de Dezembro de 2021, 07:55 - A | A

Segunda-feira, 06 de Dezembro de 2021, 07h:55 - A | A

FEMINICÍDIO

Técnica de enfermagem e pai são assassinados a facadas pelo ex-marido

A vítima estava separada do suspeito e tinha uma medida protetiva em virtude das ameaças que ele já havia feito contra ela e os filhos.

Mak Lucia

Repórter | Estadão Mato Grosso

Atualizado às 11h49:

O idoso Aparecido da Silva, 67 anos, que havia sido encaminhado para o Pronto Socorro de Várzea Grande, após levar uma facada do genro, não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta segunda-feira, 6 de dezembro.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A técnica de enfermagem Franciele Robert da Silva, 33 anos, foi assassinada a facadas, e seu pai Aparecido da Silva, 67 anos, ferido na tentativa de defender a filha na tarde deste domingo, 5 de dezembro, no bairro Jardim Gloria I. Após os crimes de feminicídio, e tentativa de homicídio, o suspeito ainda tentou tirar a própria vida cortando os pulsos e o pescoço.

A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada no início da noite de domingo sobre a ocorrência de um homicídio. Ao chegar na residência, os policiais civis encontraram vítima em um quarto nos fundos da casa. O corpo tinha várias perfurações de arma perfurocortante.

Conforme as informações colhidas no local, o autor do crime chegou à residência do pai da vítima pelos fundos e forçou a entrada na casa, entrando em luta corporal com o idoso e o ferindo gravemente. Depois, ele foi até o quarto onde a vítima tentava se esconder com a filha e arrombou a porta, desferindo os golpes contra a ex-esposa.

Franciele estava separada do suspeito e tinha uma medida protetiva em virtude das ameaças que ele já havia feito contra ela e os filhos.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi acionada. O idoso e o suspeito encaminhados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande. O agressor, após o atendimento foi encaminhado pela Polícia Militar até a DHPP.

O delegado Olímpio da Cunha Fernandes Jr. encaminhou representação ao Poder Judiciário pela conversão do flagrante em prisão preventiva, que deverá ser analisada na audiência de custódia.

A profissional de saúde atuava no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) desde a sua inauguração, em 2019.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e o diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), Paulo Rós, lamentaram profundamente a perda e repudiaram o ato criminoso. “É com enorme tristeza e revolta que recebemos a notícia do falecimento de uma servidora pública do Município de Cuiabá em condições tão trágicas e perversas. Uma mãe de família que teve sua vida ceifada por conta de um ato de violência e machismo, algo que não pode ser tolerado e não toleramos de forma alguma!”, disse. 

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Franciele. “E difícil... Aceitar ... Minhas palavras vêm da força, porque eu estou arrasada, perdemos hoje uma grande profissional, uma guerreira, uma amiga, pessoa maravilhosa, Deus minha cabeça dói da perda dessa colega”. Disse uma colega de profissão.

search