Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62

Polícia Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2022, 19:16 - A | A

Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2022, 19h:16 - A | A

NOVINHAS DO CRIME

Polícia prende jovens com R$ 8 mil em dinheiro e porções de droga

As criminosas foram presos por tráfico de drogas em Sinop

Hallef Oliveira | PMMT

PMMT

dinheiro e drogas apreendidas novinhas do crime

 

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Policiais militares do 11º Batalhão prenderam, nesta terça-feira (27.12), em Sinop, duas mulheres, de 20 e 23 anos, por constituir organização criminosa e associação para o tráfico de drogas. Com elas, foram apreendidas porções de pasta base de cocaína e a quantia de R$ 8,2 mil em dinheiro, proveniente do tráfico de entorpecentes.

Por volta de 14h30, a equipe do Grupo de Apoio (GAP) recebeu informações sobre duas mulheres que estariam comercializando entorpecentes, no bairro São Cristóvão. Segundo a denúncia, as suspeitas utilizavam uma motocicleta de cor preta para cometer os delitos. De imediato, os policiais militares iniciaram diligências pela região e encontraram a dupla.

Foi iniciado procedimento de abordagem e revista em uma bolsa, transportada por uma das suspeitas, sendo encontrada uma porção grande e outras pequenas de pasta base de cocaína e a quantia de R$ 8.275,00 em dinheiro.

Questionadas sobre o material, elas confessaram que estavam traficando drogas. Além disso, afirmaram que o dinheiro encontrado seria do recolhimento feito em alguns pontos de comércio ilícito de entorpecentes da cidade de Sinop.

Diante dos fatos, as suspeitas receberam voz de prisão pelos crimes citados e foram encaminhadas para a Delegacia, junto com todo o material apreendido, para registro do boletim de ocorrência e demais providências cabíveis.

Disque-denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

search