Dollar R$ 5,44 Euro R$ 5,85
Dollar R$ 5,44 Euro R$ 5,85

Polícia Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2021, 09:50 - A | A

Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2021, 09h:50 - A | A

LUTO NA CORPORAÇÃO

Pai de Rodrigo Claro, tenente do Corpo de Bombeiros morre ao cair em caixa d'água

Mak Lucia

Repórter | Estadão Mato Grosso

O 2º tenente do Corpo de Bombeiros, Antônio Claro, 48 anos morreu nesta segunda-feira, 27 de dezembro, após cair em uma caixa d'água no Distrito do  Sucuri, zona rural de Cuiabá. O tenente é pai do aluno Rodrigo Claro, do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT), que morreu durante um treinamento em 2016.

A confirmação da morte foi feita pelo irmão de Antônio, que em um relato emocionante, comentou sobre os problemas de saúde que o irmão estava enfrentado.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Segundo o irmão de Antônio, ele sofreu um AVC no último dia 10 de dezembro e, desde então, os sintomas se agravaram, dentre eles a desregulação do sono e, frequentemente, ele trocava o dia pela noite.

Na madrugada desta segunda-feira, enquanto a esposa dormia, Antônio se levantou e caminhou até o portão de casa, quando ao passar pela caixa d’água teria deixado a carteira cair e ao tentar pegar, acabou se afogando.

O irmão acredita que o tenente não tenha conseguido sair da caixa por estar sob o efeito de medicamentos. 

“O meu irmão, que por muitas vezes salvou vidas, vítimas de afogamento, infelizmente foi vítima de um afogamento na caixa d'água", disse. 

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte precoce do 2º tenente.

“Sinceramente a ficha ainda não caiu. Parece que daqui a pouco vou te mandar uma mensagem de bom dia ou receber uma mensagem de bom dia como sempre fazíamos. Nos últimos anos você era o meu conselheiro, meu amigo, sempre compartilhávamos os problemas pra um ajudar o outro”, disse um familiar.

search