Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76
Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76

Polícia Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2021, 14:50 - A | A

Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2021, 14h:50 - A | A

PROBLEMAS DE SAÚDE

Mulher tem hemorragia após relação sexual

Mak Lucia

Repórter | Estadão Mato Grosso

Uma mulher de 48 anos teve que ser socorrida por estar com sangramento excessivo na região da vagina na madrugada do último domingo, 12 de dezembro, no bairro Santo Antônio, em Barra do Garças (513 km de Cuiabá).

Segundo o boletim de ocorrência, tudo começou quando o namorado da vítima, um senhor de 62 anos, começou a ter relações sexuais com a mulher, que logo após iniciarem o ato, pediu que o mesmo parasse e chamasse o socorro, pois estava sangrando e passando muito mal.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O homem desesperado tentou acionar o Corpo de Bombeiros, que não pôde realizar o socorro, pois estava em outra ocorrência, o senhor então tentou chamar um taxi, que se recusou a ajudar a mulher, pois disse que o não poderia ajudar, pois, havia recebido orientação do Corpo de Bombeiros a não prestar socorro de urgência a pessoas que se encontrava sangrando.

Já sem opções, o homem visualizou o carro da Polícia Militar que estava fazendo rondas pela região e pediu socorro. Os militares ao chegarem na residência encontraram a mulher apenas com a calcinha e sangrando muito em cima de uma cama.

O homem disse que a mulher faz tratamento de hemodiálise pelo menos três vezes na semana e que no último sábado (11), havia realizado uma sessão do tratamento.

Os militares antes de encaminhar a mulher até uma unidade de saúde, já havia tentado conseguir uma ambulância, porém, sem sucesso, uma vez que na unidade não há ambulância.

“ao percebemos que a vítima não iria resistir por muito tempo sangrando resolvemos colocar a mesma no interior da viatura, sendo que esta já entrou desmaiada, sendo necessário deslocar em alta velocidade para salvar a vida da mesma”, disse um dos militares que ajudou no socorro.

Consta ainda no boletim que a vítima chegou ao Pronto Socorro Municipal quase sem pulsação, precisando ser reanimada pela equipe médica do local. O estado de saúde dela não foi informado.

search