Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55
Dollar R$ 5,11 Euro R$ 5,55

Polícia Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2022, 16:40 - A | A

Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2022, 16h:40 - A | A

MONSTRO NOJENTO

Homem invade casa e estupra menina de 13 anos

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um jovem acusado de estupro em Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, por meio do Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente, da Delegacia de Polícia, nesta sexta-feira (16.12).

O suspeito de 21 anos foi autuado por estupro de vulnerável contra uma menor de 13 anos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A ação para prisão foi realizada pelo Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente, com apoio da equipe plantonista da Delegacia de Lucas do Rio Verde, após o pai da adolescente procurar a Polícia Civil para registrar o crime, ocorrido na madrugada de sexta-feira (16).

O comunicante informou que chegou em casa depois do trabalho, e se deparou com um rastro de bicicleta recente em frente da sua residência. Ao perguntar para a filha o que havia acontecido, a menina contou que o homem entrou na casa, a levou para o quarto e praticou o ato sexual.

Com base nas informações, a vítima foi acolhida na delegacia, atendida pela psicóloga e ouvida em depoimento especial, bem como foi encaminhada para realização de exames para constatação da violência sexual.

Em seguida os policiais civis realizaram diligências e localizaram o suspeito, que foi levado para Delegacia de Polícia, onde foi interrogado pela delegada Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra. Na ocasião ele confirmou o ato de conjunção carnal, alegando que aconteceu com o consentimento da menor.

Conforme a delegada Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra, diante das evidências expressadas pelo registro da ocorrência policial, além dos demais elementos coletados, o conduzido foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.

“Considerando a literalidade do artigo 217-A do CPB (Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos), bem como o disposto na Súmula 593 do STJ (O crime de estupro de vulnerável se configura com a conjunção carnal ou prática de ato libidinoso com menor de 14 anos, sendo irrelevante eventual consentimento da vítima para a prática do ato, sua experiência sexual anterior ou existência de relacionamento amoroso com o agente)”, destacou ela.

Após a confecção dos autos, o preso foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.

search