Dollar R$ 5,41 Euro R$ 5,80
Dollar R$ 5,41 Euro R$ 5,80

Polícia Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021, 10:28 - A | A

Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021, 10h:28 - A | A

ABANDONO DE INCAPAZ

Casal é preso após manter filho de 8 anos em boca de fumo

Mak Lucia

Repórter | Estadão Mato Grosso

Um casal foi preso por manter uma criança de apenas 8 anos em situações precárias ao manter ela em uma residência usada como boca de fumo, em Glória D'Oeste (309 km de Cuiabá). A prisão ocorreu na noite desta quarta-feira, 1º de dezembro. O Conselho Tutelar do município também foi acionado para acompanhar o caso.

Segundo o boletim de ocorrência, tudo começou quando os militares receberam a informação de que um homem havia roubado uma moto na cidade de Sapezal, no último dia 29 de novembro, e que a mesma estaria na casa dos suspeitos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Quando os policiais chegaram na residência, o suspeito tentou fugir pelos fundos da propriedade, tendo em vista que o local não possui muros, abordado e detido durante a tentativa.

Para tentar conter a ação dos policiais, a mulher do suspeito deu um soco nas costas do militar, mas ela também acabou sendo detida.

Ao fazer as diligências nas dependências da casa, a polícia encontrou uma criança de 8 anos e vários filhotes de cachorro em situação de abandono. Além de encontrarem papelotes e porções grandes de substância análoga à pasta base de cocaína e diversos cachimbos, um deles encontrado em um carrinho de brinquedo.

Enquanto o conselheiro tutelar não chegava ao local, consta no relatório que, os pais gritavam mandando o menor fugir, chegando a dizer: "... seu vagabundo tô mandando você ir embora...", em outras vezes era a mãe quem gritava: "quem manda em você sou eu, se não for embora vou quebrar você...".

Ainda durante o trajeto para até a delegacia, os policiais também foram ameaçados de morte, em um determinado momento a mulher disse chegou a dizer a um dos policiais que acompanhava a vida dele e que os irmãos dela iriam resolver a situação.

O suspeito possui diversas passagens criminais. E a residência é ponto de comercialização de droga, bem como local para receptação de produtos de furto/roubo.

O casal foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil que passa a investigar o caso.

search