Dollar R$ 5,40 Euro R$ 5,79
Dollar R$ 5,40 Euro R$ 5,79

Mundo Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2021, 10:00 - A | A

Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2021, 10h:00 - A | A

IMAGENS FORTES

Carreta tomba e deixa mais de 50 mortos

Eles viajavam de forma irregular no veículo de carga. 49 morreram no local e outros cinco chegaram a ser levados a um hospital mas não resistiram.

g1

Subiu para 54 o número de migrantes mortos num acidente em uma estrada de Chiapas, no México, informou o governador do estado nesta sexta-feira (10). Os feridos chegam a 105 e, segundo a imprensa local, ao menos três pessoas se encontram em estado grave no hospital.

Na véspera, uma carreta na qual eles viajavam clandestinamente se chocou contra um muro e tombou. O balanço das vítimas foi atualizado por Rutilio Escandón, governador do estado fronteiriço com a Guatemala, principal ponto de acesso de migrantes em situação irregular no sul mexicano.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

"Infelizmente 49 pessoas morreram no local, e cinco enquanto recebiam atendimento médico no hospital", escreveu Escandón em nota. "Temos 105 feridos (83 homens e 22 mulheres) e ainda estamos prestando socorro aos feridos."

O Ministério Público mexicano disse que iniciou uma investigação para encontrar as causas do acidente que terminou com a morte de dezenas de pessoas.

Segundo a Defesa Civil, entre os feridos, há cidadãos de ao menos cinco países da América do Sul e Central – e 20 deles são menores de idade (de 3 a 17 anos).

O presidente mexicano, Andrés Lopez Obrador, lamentou o acidente em uma mensagem em rede social:

"Lamento profundamente a tragédia causada pelo capotamento de uma carreta em Chiapas, que transportava migrantes centro-americanos. É muito doloroso. Envio um abraço às famílias das vítimas", escreveu.

Também o presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, se pronunciou. Segundo informações iniciais, alguns dos falecidos seriam daquele país.

"Lamento profundamente a tragédia no Estado de Chiapas e simpatizo com os familiares das vítimas, a quem oferecemos toda a assistência consular necessária, incluindo repatriações", escreveu Giammattei.

O transporte de migrantes em caminhões é um dos métodos mais comuns usados por traficantes de pessoas para introduzir essas pessoas em território mexicano, com o objetivo de chegar à fronteira norte do país e tentar atravessar para os Estados Unidos, segundo a agência France Presse.

 

Reprodução/Twitter/Jenaro Villamil/SPR México

Acidente com carreta que transportava imigrantes em Chiapas resultou em dezenas de mortes

 

Reprodução/Twitter/Jenaro Villamil/SPR México

Acidente com carreta que transportava imigrantes em Chiapas resultou em dezenas de mortes

 

search