Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Cidades Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 08:55 - A | A

Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 08h:55 - A | A

SEM SUSPEITOS

Amaggi lamenta morte de funcionário e diz que irá colaborar com as investigações

Cátia Alves

Editora-adjunta

Fernanda Leite

Repórter | Estadão Mato Grosso

Ivan de Paula, de 40 anos, trabalhava como comprador de cereais e atuava no grupo Amaggi há 18 anos. Em nota, a companhia lamentou a morte do funcionário e contou que atuou junto à Polícia Civil na tentativa de encontrar a vítima, encontrada morta nesta quinta-feira, 25 de janeiro, às margens do Rio Arinos, no município de Diamantino.

Leia mais: Polícia encontra corpo de funcionário da Amaggi com sinais de violência

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

"Assim que soube do desaparecimento, a Amaggi procurou a Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência e atuou ativamente nas buscas, por meio da área de Segurança Corporativa, com as autoridades competentes. A empresa disponibilizou uma aeronave e drones para ajudar nos trabalhos", informou em nota.

Segundo a nota, Ivan atuava como comprador de cereais e trabalhou na empresa durante 18 anos. Ele estava desaparecido desde segunda-feira, 22, quando saiu em uma caminhonete da empresa, por volta das 14h. Ele deixa esposa e uma filha de 4 anos.

"A Companhia agradece o empenho de todos os envolvidos nas buscas, informa que acompanha de perto o trabalho da Polícia Civil e está à inteira disposição das autoridades para colaborar com as investigações", diz trecho da nota.

search