Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Brasil Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 14:13 - A | A

Quarta-feira, 03 de Julho de 2024, 14h:13 - A | A

VEJA LISTA

Saiba quais são as três aranhas brasileiras mais perigosas

g1

O Ministério da Saúde explicou que existem três gêneros de aranhas que podem causar acidentes graves em seres humanos no Brasil: armadeira (Phoneutria), marrom (Loxosceles) e viúva-negra (Latrodectus). Veja as características de cada uma a seguir:

Aranha-armadeira (Phoneutria)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Encontrada por todo o território brasileiro, é bastante agressiva, saltando até 40 cm em posição de defesa. É considerada a mais perigosa do mundo. Seu corpo pode atingir 4 cm, com 15 cm de envergadura. É popularmente chamada de armadeira pelo fato de se "armar", ou seja, apoiar-se nas pernas traseiras e erguer as da frente quando se sente ameaçada. Caçadora noturna, pode ser encontrada em locais como troncos, palmeiras e entrefolhas de bananeira.

Aranha-marrom (Loxosceles)

Não costuma ser agressiva e pica geralmente quando comprimida contra o corpo, geralmente quando está em roupas, toalhas, sapatos. Têm cerca de 1 cm de corpo e até 3 cm de comprimento total. Noturna, constrói teias irregulares e pode se esconder em locais com pouca luz e movimento, como telhas, tijolos e móveis.

Aranha viúva-negra (Latrodectus)

Não é agressiva e a fêmea pode chegar a 2 cm, enquanto o macho é menor, com 2-3 mm. Noturna, costuma viver em grupo, fazendo teias irregulares em arbustos, gramíneas e cascas de coco. Muitas vezes, ao se sentir ameaçada, se deixa cair e se finge de morta.

Outra espécie bastante conhecida no país é a aranha-caranguejeira. São cerca de 400 espécies no Brasil e muitas estão entre as maiores aranhas conhecidas, podendo alcançar até 26 cm de comprimento com as pernas esticadas. Apesar da aparência e do tamanho, o Ministério da Saúde explica que elas não provocam acidentes graves.

Pelo mundo

Segundo a Enciclopédia Britannica, existem mais de 43 mil espécies diferentes de aranhas pelo mundo e apenas um pequeno número é considerado perigoso.

Veja a lista com outras espécies perigosas:

Aranha-de-saco-amarelo (Cheiracanthium inclusum)
Aranha-teia-de-funil (Dipluridae)
Aranha-viúva-marrom (Latrodectus geometricus)
Aranha-viúva-vermelha (Latrodectus bishopi)
Aranha-vermelha (Latrodectus hasselti)
Aranha-reclusa-marrom (Loxosceles reclusa)
Aranha-lobo (Lycosidae)

 

search