Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61

Brasil Quinta-feira, 04 de Janeiro de 2024, 20:30 - A | A

Quinta-feira, 04 de Janeiro de 2024, 20h:30 - A | A

"O PAPAI VOLTOU"

Líder de facção que fugiu em "saidinha" é preso em motel com drogas

g1

O homem conhecido como Léo do Vale, de 39 anos, e indicado pela Polícia Militar como uma das lideranças do Primeiro Comando de Vitória (PCV), foi preso dentro de um motel na Serra, Grande Vitória, na noite desta quarta-feita (3). Ele é considerado evadido do sistema prisional do Espírito Santo após receber o benefício da "saidinha" no período de Dia dos Pais, em agosto de 2023, e não retornar.

De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), a "saidinha" do ano passado foi o primeiro benefício de saída temporária recebido por Edson dos Santos Correia desde a prisão dele, que aconteceu em fevereiro de 2009.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Ele saiu da prisão e deveria ter retornado dias depois, o que não aconteceu. Por conta disso, ele era considerado evadido.

Durante a prisão, segundo o aspirante Martins, da Polícia Militar, Edson tentou enganar os policiais apresentando um documento falso. No momento da abordagem, ele estava com uma mulher dentro do quarto, que se identificou como namorada dele.

No local, foram recolhidos um documento falso, dois celulares, uma porção de maconha e R$ 461,75 em espécie.

Ainda de acordo com o aspirante Martins, Edson fugiu do sistema prisional e, contra ele, havia dois mandados de prisão em aberto. A informação foi confirmada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (4).

Em nota, a corporação informou que o suspeito de 39 anos foi autuado em flagrante por uso de documento falsificado e teve dois mandados de prisão cumpridos em seu desfavor. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.

Léo do Vale já cumpriu pena antes

Edson dos Santos Correia deu entrada no sistema prisional pela primeira vez em fevereiro de 2009, segundo a Sejus. Desde então, ele respondeu por furto e roubo, posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas. Léo do Vale, segundo a secretaria, cumpriu pena nas Penitenciárias de Segurança Máxima I e II, em Viana.

Ainda conforme a Sejus, o indivíduo recebeu o benefício de progressão de pena para o regime semiaberto em junho de 2023, concedido com prévia avaliação do Poder Judiciário. Ele, então, passou a cumprir pena na Penitenciária Semiaberta de Vila Velha. Em agosto de 2023 recebeu o primeiro benefício de saída temporária, quando não retornou na data determinada.

search