Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61

Brasil Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2022, 08:57 - A | A

Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2022, 08h:57 - A | A

GUERREIRO

Bombeiro é promovido por bravura após ficar à deriva e nadar 5 km

g1 CE

O sargento do Corpo de Bombeiros, Jairo Oliveira, que foi encontrado nesta quarta-feira (7) após ficar à deriva no mar ao realizar um salvamento de um turista francês que praticava kitesurf, na Praia de Jericoacoara, no Ceará vai ser promovido por bravura, conforme informou o comando da Corporação. O bombeiro foi encontrado entre as praias de Guriú e Tatajuba, no município de Camocim, após ficar no mar por quase oito horas.

“Ele, mesmo num momento de grande dificuldade, se pautou por princípios éticos e morais e buscou resguardar a vida do turista que foi salvo, o equipamento de kitesurf dele e a moto aquática do Corpo de Bombeiros. É como diz o nosso hino: Vidas alheias e riquezas salvar. Essa promoção e essa homenagem são resultado da forma como a governadora Izolda Cela e o secretário Sandro Caron priorizam o reconhecimento aos nossos servidores", disse o coronel Ronaldo Roque, comandante geral do Corpo de Bombeiros do Ceará.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O preparo físico, técnico e mental do sargento Jairo Oliveira, que é bombeiro militar há 13 anos, foram decisivos para que ele chegasse em segurança em terra firme. Ele agradeceu o reconhecimento ao relembrar as mais de oito horas que passou à deriva.

“Após perceber que a maré estava levando o jetski cada vez mais para dentro, decidi abandonar a moto aquática e nadar até a faixa de areia. Nos momentos mais difíceis de cansaço, procurava manter a calma e pensava que tinha que continuar nadando para avisar para a minha mãe que eu estava bem. Depois de algumas horas, comecei a ouvir o barulho das ondas quebrando e me tranquilizei, pois sabia que estava próximo a areia. Quando toquei os pés no chão foi um momento de muita alegria. A mesma alegria que senti agora ao saber que vou ser promovido. É uma felicidade muito grande”, disse.

Orientação pela estrelas

Jairo Oliveira afirmou em entrevista nesta quarta-feira (7) que se orientou pelas estrelas em alguns momentos durante o nado para tentar chegar em terra firme após ficar à deriva.

"Quando decidi descer do jetsky e entrar na água, coloquei o colete e comecei a nadar. Em certos momentos nadava peito, mas quando nadava de costas eu tomava como referência o alinhamento das estrelas para me orientar", disse.

O sargento revelou que cogitou ficar a noite inteira em cima da motoaquática, que parou de funcionar após linhas de kitesurf ficarem enganchadas no motor. Mas acredita que isso poderia causar sofrimento na família pela demora em saber notícias do seu paradeiro.

"Eu poderia ter ficado a noite inteira em cima do jetsky esperando o socorro chegar ao amanhecer, mas eu fiquei pensando na minha mãe, o quanto ela poderia ficar preocupada, pois esse tipo de notícia corre muito rápido", afirmou.

Peixes tentando morder

O agente disse também que durante o trajeto a nado sentiu peixes tentando mordê-lo, mas mesmo assim manteve a calma, até que enfim sentiu a aproximação da costa ao ouvir o som das ondas quebrando na areia.

"Quando eu já tinha nadado bastante, comecei a ouvir o barulho do som das ondas quebrando, fui me tranquilizando e entendi que já estava perto da areia e continuei nadando, tentando colocar o pé no chão pra sentir a areia até que consegui chegar em terra firme", relembra.

Mesmo já em terra firme, sargento Jairo ainda precisou andar por quase uma hora pela areia até encontrar um povoado onde conseguiu ajuda de uma moradora.

"Já em terra firme andei uns 50 minutos até que encontrei algumas casas e bati em algumas portas, até que encontrei uma moradora que até parecia estar me esperando, me ofereceu lanche e enfim pude entrar em contato com a família e os colegas", conclui.

Bombeiro ficou à deriva após salvar turista

Sargento Jairo salvou um turista que se afogava na praia de Jericoacoara, trazendo-o de volta à faixa de areia; em seguida, ele voltou ao mar em uma motoaquática para tentar recuperar o equipamento de kitesurf, quando desapareceu.

Segundo o bombeiro, a pipa do kitesurf entrou na turbina e danificou a moto-aquática. O agente tentou consertar o veículo, mas não conseguiu e ficou à deriva. Ele acrescenta que esperou o socorro e, após a demora, decidiu resolver nadar por quatro horas até chegar à praia de Tatajuba.

"Eu fiquei das 21 horas [da noite de terça-feira, 6] até uma hora da madrugada nadando. Ao chegar na faixa de areia, já em Tatajuba, eu caminhei e cheguei até uma residência. Liguei pra minha família e amigos e disse que estava bem", afirmou.
Durante toda a noite, equipes de salvamento do Corpo de Bombeiros reforçaram as atividades no local e realizaram buscas pelo sargento por meio de um bote.

search