Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61

Boca Miúda Sexta-feira, 05 de Janeiro de 2024, 10:11 - A | A

Sexta-feira, 05 de Janeiro de 2024, 10h:11 - A | A

CUIABRASA

Revista classifica Cuiabá como "epicentro do calor extremo"

Da Redação

Redação | Estadão Mato Grosso

A revista Veja fez uma extensa reportagem sobre ‘Cuiabrasa’, classificando a capital de Mato Grosso como ”o epicentro do calor extremo” no Brasil. Um título que faz jus à realidade vivenciada pelos cuiabanos ao longo deste ano, marcado por ondas de calor que levaram os termômetros a registrarem escorchantes 44,2 graus em outubro, no auge de um dos meses mais terríveis da história da cidade.

“Embora termômetros nas alturas tenham sempre feito parte da rotina de quem mora lá, Cuiabá nos últimos meses virou o epicentro do calor extremo no Brasil, com a temperatura batendo em 44,2 graus em 19 de outubro passado, uma marca sem precedentes que a colocou no topo do pódio de ponto mais abrasador do planeta naquele dia. Foi o apogeu de um tórrido processo: entre janeiro e novembro de 2023, o município registrou 87 dias de temperaturas acima dos 40 graus (em 2020, foram 36)”, cita a reportagem. 

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O texto cita ainda outras questões costumeiras para os cuiabanos, mas que soam estranho para quem não convive com o calorão da cidade, como os 30ºC logo cedo pela manhã ou a sombrinha que sempre acha um espaço na bolsa das mulheres que aqui moram, para improvisar um abrigo ao sol.

Clique aqui para ler a reportagem completa

search