Dollar R$ 5,13 Euro R$ 5,58
Dollar R$ 5,13 Euro R$ 5,58

Videos Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 09:47 - A | A

Terça-feira, 14 de Maio de 2024, 09h:47 - A | A

VEJA VÍDEO

Policiais testemunham acidente fatal de adolescente e jovem e não prestam socorro

g1

A polícia investiga as causas de um acidente que matou uma adolescente de 13 anos e um rapaz de 18 na Zona Leste de São Paulo. O caso ocorreu na noite desta segunda (13), no Jardim Iguatemi.

Segundo imagens feitas por câmeras de segurança, o motociclista bateu após ser perseguidos por uma viatura da PM. Os policiais não prestaram socorro.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O vídeo mostra a viatura passando em alta velocidade atrás do motociclista. A moto colide, mas os policiais seguem o caminho sem prestar qualquer tipo de socorro.

Um boletim de ocorrência foi registrado no 49º Distrito Policial (DP), São Mateus, às 4h28, mas não pela viatura que aparece no vídeo.

"Cheguei lá e vi a pior cena da minha vida. Minha filha na calçada, o outro menino também. Não prestaram socorro. Eram duas vidas, duas famílias que estavam ali", lamentou Francisca de Souza Silva, mãe da Manuela Carvalho, de 13 anos.

O condutor, Albert Bauman, de 18 anos, chegou a ser atendido com vida no Hospital de São Mateus, mas não resistiu aos ferimentos.

Quando outra equipe da PM chegou, as vítimas já estavam sendo atendidas. Os agentes relataram que, aparentemente, o condutor da moto perdeu o controle da moto, subiu na calçada e bateu em barras de ferro e em um poste. No entanto, não mencionam a viatura que aparece nas imagens.

A mãe de Manuela contou que testemunhas falavam: "Foi a polícia, foi a polícia, foi a polícia que derrubou". A própria família da vítima que conseguiu as imagens das câmeras de segurança.

O que diz a SSP

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) afirmou que a PM abriu um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias do caso e que os agentes envolvidos estão afastados até a conclusão das investigações.

A pasta também disse que a instituição não compactua com desvios de conduta e que apura e pune com rigor casos de irregularidades.

O 49º Distrito Policial, de São Mateus, faz uma investigação, que inclui a análise das imagens compartilhadas.

VÍDEO

search