Dollar R$ 5,41 Euro R$ 5,80
Dollar R$ 5,41 Euro R$ 5,80

Política Sexta-feira, 05 de Novembro de 2021, 14:44 - A | A

Sexta-feira, 05 de Novembro de 2021, 14h:44 - A | A

SEM ILEGALIDADES

Prefeitura nega pagamento de "prêmio" a servidores fora da Saúde e diz que MP é "leviano"

Felipe Leonel

Repórter | Estadão Mato Grosso

A Prefeitura de Cuiabá emitiu nota para negar as informações do Ministério Público de que o “prêmio saúde” estaria sendo pago para servidores que não eram da Secretaria de Saúde. Segundo a nota, a informação é inverídica, leviana e “induz a interpretações maldosas, equivocadas e que colocam em xeque o trabalho de inúmeros colaboradores da gestão”. 

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A nota diz ainda que é praxe da administração municipal zelar e proteger o dinheiro público e que segue esse princípio no pagamento do prêmio saúde, que “somente é efetuado aos servidores comprovadamente lotados na Secretaria Municipal de Saúde”. 

De acordo com a Prefeitura, os valores divulgados são referentes ao pagamento da verba indenizatória. 

A prefeitura informa ainda que continua trabalhando para implementar ferramentas que assegurem maior transparência em todos os atos administrativos, além de que está fortalecendo a parceria junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). Disse ainda que nesta semana foi oficializado um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG). 

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso canal no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Em agosto deste ano, por exemplo, foram iniciadas tratativas com o TCE, com o objetivo de aplicar medidas que reforcem o controle sobre pagamento do Prêmio Saúde [...] A ideia é que, a partir da assinatura, o benefício, que é legalmente conquistado pelos servidores públicos, continue sendo pago sem qualquer distorção ou prejuízo ao erário”, completa.

Nessa quinta-feira (4), o Ministério Público anexou vários documentos apontando o pagamento do prêmio saúde a diversos parentes de vereadores. Alguns dos parentes estão lotados em outras Pastas.

search