Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Política Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020, 12:33 - A | A

Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020, 12h:33 - A | A

INDIGNADA

Janaína detona aumento de energia elétrica aprovado pela Aneel

Jefferson Oliveira
Cuiabá

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) comentou na manhã desta terça-feira (1º) durante sessão na Assembleia Legislativa (AL-MT), que a volta da bandeira vermelha na energia elétrica anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é uma falta de respeito com a população brasileira.

De acordo com a Aneel o reajuste passa a valer a partir desta terça-feira, e foi decidido que será cobrada a bandeira vermelha patamar 2, cujo valor é o maior no sistema de bandeiras da agência, e isso irá representar no bolso do consumidor o valor de R$ 6,24 a cada 100 kwh consumidos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Janaina se mostrou indignada com o valor definido pela Aneel que justificou a bandeira vermelha alegando que a oferta de energia está comprometida em razão dos baixos níveis dos reservatórios.

“Há uma indignação com a decisão da Aneel de aumentar as tarifas de cobrança da energia elétrica no nosso país. Seis reais e vinte e quatro centavos a mais para cada cem quilowatts consumidos. Isso é uma falta de respeito com a população brasileira sem tamanho, falta de respeito principalmente pelo momento que nós vivemos, onde a grande maioria da população está dentro de casa”, disse a deputada no plenário.

A deputada citou também que esse aumento é um abuso, principalmente pela energia de má qualidade que é oferecida em Mato Grosso. A parlamentar que citou morar em um bairro nobre da capital e mesmo assim ao menos duas vezes por mês ainda fica sem energia elétrica, taxando o aumento de abusivo.

Janaina propôs aos colegas parlamentares para que a ALMT comece a discutir a redução dos impostos, afirmando que Mato Grosso é o Estado que mais cobra impostos dos cidadãos.

“Nós não temos ofertados aos cidadãos qualidade de atendimento dos serviços públicos. Temos que começar a discutir aqui, por exemplo, como o Estado de São Paulo, a redução dos valores dos pedágios, estou preocupada. Acabou de se instalar na minha região que está terminando o asfalto da MT-220 e já vem uma concessão de três pedágios no valor de R$ 8,90 por eixo e temos bitrem com 9 eixos passando por ali” detalhou Riva.

Para completar, a deputada disse que se nada for feito ou discutido, o Estado estará inviabilizando a qualidade de vida do cidadão mato-grossense.

search