Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Polícia Sábado, 10 de Dezembro de 2022, 20:30 - A | A

Sábado, 10 de Dezembro de 2022, 20h:30 - A | A

PESQUISA PERCENT

Polícia Militar de Mato Grosso é aprovada por 89,5% dos cuiabanos

Hallef Oliveira e Wellyngton Souza | PMMT

A Polícia Militar de Mato Grosso tem a aprovação de 89,5% da população que mora em Cuiabá, Capital do Estado, de acordo com uma pesquisa divulgada pelo instituto Percent Brasil, na quarta-feira (07.12). 

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 26 de novembro, com 600 entrevistas presenciais em Cuiabá e nos distritos da Guia, Coxipó do Ouro, Rio dos Peixes e Sucuri. Segundo o levantamento do instituto, 66% dos cuiabanos acreditam que a atuação da PMMT é boa, 7,7% ótima e 15,8% regular. 

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Para o comandante-geral da PMMT, coronel Alexandre Corrêa Mendes, a pesquisa ressalta a confiança da população com o trabalho da Polícia Militar, além do âmbito do policiamento preventivo e ostensivo das ruas e da integração com a sociedade cuiabana.

“A Polícia Militar é um braço forte da sociedade e do Estado. Nós, policiais militares, trabalhamos para levar a segurança pública de qualidade a todos os municípios e essa pesquisa nos anima a continuar assim, sabendo que estamos no caminho certo. Em Cuiabá, estamos presentes com batalhões em todas as regiões, desenvolvendo também trabalhos sociais com jovens e adolescentes, valorizando toda a população”, afirma o coronel Mendes.

O comandante também destacou a atuação do Governo de Mato Grosso em investimentos e na valorização dos profissionais de segurança. “O Governo tem desempenhado um papel fantástico, proporcionando investimentos em tecnologia, equipamentos e, agora, com a homologação do concurso público. Com certeza, estaremos ampliando ainda mais o nosso alcance na Capital e em todo o Estado”, finalizou.

Com intervalo de confiança de 95%, a pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos.

search