Dollar R$ 5,41 Euro R$ 5,80
Dollar R$ 5,41 Euro R$ 5,80

Polícia Segunda-feira, 08 de Novembro de 2021, 09:36 - A | A

Segunda-feira, 08 de Novembro de 2021, 09h:36 - A | A

SE DEU MAL

Ladrão tenta fugir com bolsa roubada, mas é pego na blitz da lei seca

Julia Oviedo | Sesp-MT

A 64ª edição da Operação Integrada Lei Seca prendeu 17 pessoas por embriaguez ao volante e uma pessoa por furto. A ação aconteceu na madrugada desta segunda-feira (08.11), na Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha), no bairro Porto, em Cuiabá.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Ao todo, 111 veículos foram fiscalizados e 111 testes de alcoolemia foram realizados. Do total de veículos, 64 foram autuados por alguma irregularidade e 64 removidos, sendo 53 carros e 11 motocicletas.

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso canal no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Foram lavradas um total de 99 autuações, sendo 31 por dirigir sob efeito de álcool, 26 por dirigir veículo sem registro ou não licenciado, 16 por conduzir veículo sem habilitação e 12 por recusa ao teste de alcoolemia.

A edição também contabilizou a lavratura de 13 Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs), em casos de crimes de menor potencial ofensivo. Grande parte deles – 11 termos – se tratava de pessoas que dirigiam sem habilitação; um foi por entregar o veículo a uma pessoa não habilitada e um por conduzir veículo gerando perigo de dano.

Também foram recolhidos um total de 38 documentos, sendo 30 CNHs e oito Comprovantes de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

A operação é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp) e tem a participação do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Polícia Penal e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

Prisão por furto

A prisão ocorrida por furto durante a operação aconteceu momentos antes de o suspeito ser abordado. O suspeito realizou o furto de uma bolsa feminina, seguiu com o veículo, tendo logo depois visualizado a blitz, momento que ele tentou fugir.

A equipe de motociclistas da Polícia Militar conseguiu acompanhar o suspeito e conduziu-o para a área de abordagem da operação. Somente então verificou-se que a bolsa que estava em posse dele era furtada, após contatar a pessoa que foi identificada pelo documento encontrado dentro.

search